FanFictions Wonderland

Gostas de escrever e/ou ler FanFics? Então junta-te a nós e entra neste mundo de Kpop, Jmusic e fantasia ^-^
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [Super Junior] MINE

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Seg Dez 06, 2010 7:50 pm

Ah, finalmente a Yuna começou a tratar o Eunhyuk como ele merece e a responder-lhe! Faz-lhe frente rapariga!
Não! Eu pensei o pior quando ela pegou naquela arma *worries* Mas depois apareceu o Hae ~~ para salvar a situação ^^
É uma merda ela não conseguir esquecer o Hyuk, o Hae era tão melhor para ela... é querido, todo fofinho, não lhe faz mal... mas pronto...
Awn o Donghae ficou magoado... ele gosta mesmo dela... tadinho...
Gostei de ver o Eunhyuk preocupado por ela se ter tentado matar... ah agora já não gosta??
Oh damn, isto está tudo lixado! Agora o Eun desconfia do Hae e o Hae da Yuna... *medo*
OMO~~
Citação :
Aii tadinho do meu sungmin T-T o kangin tao preocupado com o minie, oooh ~ (peço desculpa mas eu adoro este casal xD)
+2
Eles que não façam nada ao Minnie senão vamos ter problemas!! u.ú
Eu também gosto bastante de KangMin *-*

More *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
LaLa
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Ter Dez 07, 2010 8:01 pm

Heheheheh a Yuna está a tornar-se uma rebelde *brincadeira*
Opa diga-se de passagem que o Eunhyuk até è fofo ne ? Eu até gosto dele , na fic , na vida real não *mentira*
A Yuna partiu o coração do Donghae , ele que compre super cola 3 *apanha duro*
Tadinho dele
Ohhh tadinha da Yuna , um tiro na cabeça deve doer xD *okey control yourself*
Falando aserio , tadinha ela está mesmo numa situação
E ainda para mais o Donghae deve ter ficado a pensar que foi ela que foi contar tudo ao irmão , ultraje
WHAT ?!?!!? O Sungmin foi raptado ?!?!? Ele vai precisar de apoio psicológico Cool

È melhor parar por aqui antes que diga mais porcaria
Continua Miya -chan ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MiyaHaru
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 511
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 27
Localização : Porto. Portugal

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Qua Dez 22, 2010 4:04 pm

Sorry a demora meninas mas ando muito ocupada com a faculdade e com a patinagem que nem tempo de passar aqui. Mas aqui está o próximo capitulo! XD


Nessa noite no clube, Hyukjae encontrava-se sentado na cadeira atrás da sua secretária fumando um charuto.
– Eunhyuk chegou a rapariga. – o seu sócio avisou abrindo a porta.
– Manda-a entrar.
– Ok. – ele disse fechando a porta que voltou a abrir alguns minutos mais tarde, dando passagem a uma bela rapariga.
– Boa noite. – ela disse curvando-se em sinal de cumprimento.
– Boa noite, aqui tens a tua recompensa. – Hyukjae disse entregando um molho de dinheiro nas mãos da rapariga.
– O que vão fazer ao Sungmin oppa? – ela perguntou com um ar preocupado.
– Isso já não é problema teu pois não? Tu entregaste-o a nós, ponto final.
– Eu não quero que o magoem. – ela pediu com um rosto triste.
– Não te preocupes, nós não o vamos magoar, agora Lee Sunny foi um enorme prazer fazer negócio contigo, espero voltar a ver-te.
– Eu também Hyukjae sshi. Com licença. – ela disse virando costas e saindo da sala.
Hyukjae quando a viu sair pegou no seu telemóvel e fez uma chamada para um dos seus capangas.

– Yesung, como está correr o “interrogatório”? – ele perguntou sublinhando a parte interrogatório.
– Nada bem, Hyukjae sshi, o nosso amigo não quer cooperar.
– Hum não quer falar? Já tentaram de tudo?
– Sim o Siwon está neste momento a usar a sua capacidade de negociação. – ele disse sorrindo.
– Sério? e… – Hyukjae foi interrompido pelo um grito. – Hum parece que está no bom caminho.
– Está sim Hyukjae sshi.
– Muito bem, O Leeteuk e o Kibum já foram tratar do outro assunto?
– Sim Hyukjae sshi, acabaram de sair para o ir buscar.
– Prefeito, eu quando sair daqui passo ai.
Hyukjae desligou a chamada e foi interrompido com a porta, que se voltou a abrir.
– Eunhyuk sshi o espectáculo das strippers vai começar. – uma das empregas o avisou.
– Obrigado, já lá vou. – ele disse levantando-se da cadeira para ir apreciar o espectáculo da noite.

**********************************************

Donghae chegou á enorme mansão fora de si, encontrou Yuna nas escadas da mesma olhando na porta.

– Donghae!!! – ela urgiu levantando-se.
– Como foste capaz de me entregar?!
– Ah? Donghae não fui eu! – a rapariga defendeu-se.
– Como não foste tu?!
– Não fui, juro-te.
– Se não foste tu, quem foi?!
– Não sei.
Donghae ficou em silêncio por alguns segundos tentando perceber quem tinha sido.
– Yuna não me estás a mentir? – ele repetiu.
– Porra Donghae acredita em mim! Não fui eu!
– AISH! Então quem foi?!?

A porta da mansão abriu-se e entrou Leeteuk e Kibum que olharam os dois.
– Donghae tens de vir connosco. – Leeteuk disse.
– Onde hyung? – Donghae mostrou um sorriso falso.
Leeteuk baixou o rosto e bufou.
– Donghae vem connosco. – Leeteuk voltou a pedir.
Donghae sorriu e observou Kibum colocar a mão atrás do bolso para tirar uma arma no entanto os dois tiveram a mesma ideia.
Donghae puxou Yuna para trás de si na intenção de a proteger.
– Baixem as armas. – Leeteuk ordenou mas nenhum dos dois obedeceu. – Eu disse: baixem as armas!
Kibum lentamente baixou a arma seguido por o homem na sua frente que continuava a proteger Yuna.
– Agora, Donghae nós sabemos o que tu és e está na altura de pagares por teres traído o teu irmão.
– Hum…Sabem o que eu sou?
– És polícia. – Leeteuk continuou. – Agora terás de vir connosco.
– E se eu não quiser ir?
– Nesse caso teremos de te levar á força. – Leeteuk disse se aproximando do moreno que rapidamente se afastou segurando Yuna.
Kibum sorriu e a única hipótese de ganharem era atacar o ponto fraco de Donghae, Yuna. Quando Leeteuk se aproximou, Donghae facilmente se livrou dele no entanto Kibum agarrou Yuna e apontou a arma á cabeça dela.

Donghae olhou Leeteuk no chão, a porta aberta e Yuna em perigo.
– Idiota, não serias capaz de a matar. Que dizias ao Hyukjae? – Donghae provocou.
– Que tu a matas-te.
– Donghae VA… – Kibum tapou-lhe a boca.
Donghae atirou a arma para o chão e levantou as mãos olhando Yuna que movia a cabeça negativamente.

Kibum sorriu e atirou Yuna que caiu sobre as escadas.
– Muito bem Donghae. – Kibum disse guardando a arma e apanhando a de Donghae que estava no chão.
Yuna olhou Kibum soquear o estômago de Donghae que caiu no chão.
– Donghae!! – Yuna gritou levantando-se mas Leeteuk agarrou impedindo-a de chegar perto do agente. – Larga-me! – ela urgiu discutindo na cara de Leeteuk que tinha uma expressão diferente de que a expressão alegre de Kibum que pontapeou o peito de Donghae fazendo o mesmo tombar para trás e bater com a cabeça no chão.
– Não!
– Kibum já chega!! – Leeteuk urgiu empurrando Yuna e levantando Donghae encaminhando-o para fora da mansão.
Yuna correu atrás deles mas Kibum barrou-lhe o caminho e arrastando-a prendeu-a na cave.
– NÃO! – ela urgiu sendo empurrada pelas escadas abaixo caindo inanimada no chão.

**********************************************

– Demoras a falar? – Siwon urgiu agarrando o cabelo negro do agente Sungmin que consegui mostrar um sorriso no seu rosto marcado.
– Não tenho nada a dizer. – ele disse com dificuldade recebendo outro soco de Siwon, deixando-o desmaiado na cadeira enferrujada.
A porta abriu-se e Siwon e Yesung olharam Donghae entrar agarrado pelos outros.
Eles retiraram a venda escura a Donghae que logo reconheceu a horrível sala onde sua mãe havia sido morta.
– Eu não acredito… – ele murmurou olhando em volta. – Sungmin!! – ele urgiu tentando correr até ao mais velho mas foi parado pelos outros que o seguraram firmo.
– Ele não quis cooperar, tens um bom amigo Donghae sshi. – Siwon comentou segurando o rosto magoado do amigo.
– Hum…amigo? Essa palavra tem muitos contras não achas fish? – a voz do chefe foi ouvido do canto da sala escura. – Lembras-te? – ele perguntou com um sorriso no rosto olhando em redor.
Donghae simplesmente o olhou intensamente sem responder á pergunta.
– Vejo que sim, o teu olhar diz tudo. – ele disse aproximando-se do irmão mais novo. – Hum…tenho de admitir Donghae, tu és um excelente actor. É pena termos que desperdiçar isso.
– Hyukjae. – ele proferiu sorrindo. - Eu não tenho medo de ti. E acredita, tu não irás avante com isto.
– Não? Tens a certeza?
– Sim, apanhares prisão perpétua por homicídio do nosso pai e tentativa de homicídio.
Hyukjae sorriu abertamente e Donghae continuou.
– Pensas que eu não sei que foste tu que pagaste aos raptores para me raptarem?!!? O problema é que eles não foram longe porque não sabia que o refém que tinham era agente secreto. Nem eles nem tu. ADMITE! Fui melhor de que tu. – Donghae finalizou sorrindo orgulhosamente.
Hyukjae aproximou-se e soqueou o seu irmão levantando depois o rosto ferido.
– Podes ter sido melhor mas isto ainda não acabou maninho, porque agora estás nas minhas mãos e acredita que te irei fazer sofrer tal como fiz ao nosso pai. Sabes o que ele disse? – ele perguntou e sem receber resposta continuou. – “Eu criei um monstro”. Que achas fish? Achas-me um monstro?
Donghae novamente não respondeu.
– Huh a Yuna diz que sou um monstro. – ele mencionou sorrindo. – No entanto cada vez que a tenho nos meus braços ela geme como uma galdéria tal como ela fez ontem contigo.
Donghae cerrou os dentes e tentou se aproximar de Hyukjae mas Leeteuk e Kibum continuavam a segurá-lo.
– Pensas que não sei?!?! Que tu e ela, ontem tiveram enrolados?!?! Huh mas isso eu tratarei com ela. Agora o mais importante és tu meu dongsaeng. – ele finalizou com um sorriso.

You Are Mine...
My Pretty Slave...


Espero que tenham gostado meninas ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LaLa
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Qua Dez 22, 2010 5:33 pm

Sunny Sunny Evil or Very Mad
Tadinho do Sungmin , isso è que è não magoar ??? O Hyukjae precisa de ir para a escola XD
Uhuhuuhu o Donghae e o Kibum andam com armas Cool
Assim è que è a proteger a Yuna , mas coitado não lhe adiantou de muito
Epa porquê que o Hyukjae muda assim de atitude
Ohhhhhh o Sungmin está metido numa encrenca do caraças
Ele que não toque num cabelinho do Donghae senão a Yuna manda-lhe um pontapé num sitio que sabemos

Continua Miya ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Qui Dez 30, 2010 12:12 am

OMONA Sunny Bunny sua má! Eu não acredito que ela entregou o Sungmin nas mãos dos bandidos!
E o Eunhyuk voltou a ser um porco desgraçado! Entretenha-se com as strippers e deixe o meu Min em paz u.ú
Aiiiii Donghae! Tadinho!
A a Yuna! Como é que ela vai ficar no meio destes maquiavélicos todos *worried*
Epá, deixem o Sungmin em paz!!!!
O que é que o Eunhyuk vai fazer ao Hae? Não gosto disto, não gosto mesmo! *rói as unhas*

Continua please *-*
Eu quero muito saber o que vai acontecer a seguir!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
MiyaHaru
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 511
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 27
Localização : Porto. Portugal

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Qui Dez 30, 2010 4:37 pm

Thanks girls *.*
Eu não tenho estado muito tempo no forum por isso não tenho postado ou lido as fics por causa dos exames da faculdade que começam agora. Desculpem --' Mas adiante:
Próximo capitulo!
Espero que gostem! Very Happy



No dia seguinte, Yuna ainda estava na cave desacordada. A empregada preocupada decidiu levar comida á menina, visto que o menino Hyukjae não tinha dormido em casa, a guarda estava livre. Ela pegou numas sandes e encaminhou-se até à cave mas quando abriu a porta da mesma a luz iluminou o corpo de Yuna ao fundo das escadas.

- Oh meu deus! – a empregada urgiu pensando que Yuna estaria morta. – Menina Yuna! – ela chamou tocando no corpo fraco.
Yuna ergueu o rosto ferido tentando olhar em direcção da voz no entanto a sua visão turva não ajudava.
- Quem é?
- Oh a menina está bem! – a empregada exclamou ajudando Yuna se levantar.
Yuna olhou a empregada e apoiando-se nela ergue-se do chão.
- Sente-se bem?
- Ah acho que sim…
- Venha eu ajudo-a. – As duas subiram as escadas mas ficaram ao meio do caminho porque a entrada foi barrada.
- O que estás a fazer?!
- Oh menino Hyukjae! – a empregada exclamou. – a menina está muito mal então eu ia alimentá-la.
Yuna tentou olhar para Hyukjae mas estava sem forças.
Hyukjae sorriu e negou com a cabeça.
- Ela não precisa de comer. – ele disse descendo as escadas e pegando na mesma ao colo. – Pode ir. – ele disse para a empregada.
- Por favor menino Hyukjae ela está muito mal, parece que vai deixar este mundo.
- Não vai porque eu não deixo, agora saia como ordenei.
- Mas…
Hyukjae olhou a empregada que assentiu e deixou a cave.
Depois de a empregada sair, o amo deitou a escrava na sobre uma mesa grande e velha.
- Onde…onde…
- Sim babe?
- D…Donghae? O…onde está…Donghae? - ela perguntou ofegante
- Não é da tua conta, agora vamos conversar. – ele disse pegando numa pequenina maquina que lembrava uma maquina de barbear pelo o tamanho e forma mas era completamente diferente. – Sabes o que é isto amor? – ele perguntou.
Yuna negou com a cabeça sobre o sorriso dele que baixou o aparelho e tocou na pele dela.
- AHH!! – ela contorceu-se na mesa sentindo as correntes eléctricas do aparelho.
- Conta-me o que foi que tu e o traidor fizeram? Conta-me. – ele disse afastando o aparelho da sua pele deixando-a respirar.
- Na…AHHH!
- Mentir não vale. – ele disse afastando novamente o aparelho.

A empregada ouvia os gritos de Yuna e olhava o telefone. «O que faço?»
Ela perguntou-se ouvindo os gritos de Yuna. Não era a primeira vez que os gritos de Yuna eram ouvidos na mansão, mas desta vez Yuna estava em pleno desgaste tanto mental como corporal iria falecer se a empregada não fizesse nada.
«O que posso fazer? Eu não posso deixar que o menino seja preso mas ele vai mata-la tal e qual como o pai matou sua mãe…Nesse tempo nada fiz…mas agora…não vai ser assim!» ela pensou correndo até ao telefone.
- AHHH Hyukjae!! – Yuna raspou as unhas na mesa tentando aliviar a sua dor.
- Galdéria! – Hyukjae insultou batendo no rosto de Yuna. – Queres saber onde está Donghae?!
Yuna olhou Hyukjae que tinha um sorriso sádico no seu rosto.
- Neste momento a servir de comida para os peixinhos. – ele disse passando o aparelho na barriga dela que tremeu com o medo da dor.
Yuna deixou uma lágrima cair ouvindo o seu amo.
Hyukjae olhou para o rosto choroso dela e sorriso novamente.
- Oh não chores babe…vais me partir o coração. – ele disse num tom sarcástico pressionando o botão do aparelho ouvindo outro grito por parte dela. – Grita! Depois irás comigo para o cais onde gritarás ainda mais! O teu destino será aquele mar!

- É da policia?! Estou a assistir a um acto desumano! Por favor venham rápido! P… – a empregada falou ao telefone mas a chamada foi desligada. A senhora engoliu em seco e olhou atrás de si.
- O que pensa que está a fazer? – o olhar de Yesung assustou a mulher.
- Eu…eu estava a atender uma…
- Ela chamou a policia! – Kibum exclamou aproximando-se do mais velho.
- Vai avisar o Hyukjae sshi!! - Yesung ordenou segurando a empregada pelo braço.
Kibum correu até á cave abrindo a porta brutamente.
- Hyukjae sshi temos de fugir!! – o mais novo gritou.
Hyukjae que se divertia marcando o corpo de Yuna olhou o mais novo.
- O que aconteceu?
- A empregada chamou a polícia!
- O quê?!?! – Hyukjae ficou fora de si afastando-se de Yuna que respirou de alívio rebolando pela mesa até cair no chão com um gemido.
Hyukjae subiu as escadas rapidamente e quando chegou perto da empregada agarrou-a.
- O que fizeste velha intrometida!?
- Desculpe menino eu não podia deixar a menina sofrer mais.
- Vamos embora daqui! Kibum vai buscar Yuna!
- Não há tempo Hyukjae sshi, a polícia chegou. – Yesung avisou vendo os carros entrarem na mansão.
- Vamos sair pelas traseiras!
Quando Hyukjae se afastou da empregada sussurrou para Yesung.
- Mata-a.
Yesung virou a arma com silenciador e acertou na empregada que caiu inanimada no chão.
Os três saíram pelas traseiras e entraram no carro de Hyukjae que rapidamente acelerou a fundo e conduziu para fora da casa passando pela polícia que disparou contra o carro ao qual Kibum respondeu disparando por fora da janela.

A porta de casa foi deitada baixo pelos agentes que encontraram a empregada morta no chão.

Yuna com dores simplesmente desmaiou no chão da cave ouvindo depois passos perto de si.


**************************************************

- MERDA! – Hyukjae urgiu entrando no esconderijo onde tinham Donghae que estava a ser mal tratado por Siwon.
- O que aconteceu? – Leeteuk perguntou.
- A velha da empregada denunciou-nos por esta altura a polícia já tem Yuna! MERDA! – Hyukjae urgiu novamente ouvindo um riso baixo por parte do seu irmão.
- Eu disse-te que não ias adiante com isto. – ele murmurou ofegante
Hyukjae enervado aproximou-se do irmão e agarrou-lhe o rosto.
- Ela será minha novamente! – ele disse cerrando entre os dentes. – Ela é minha!
Donghae sorriu na cara do irmão que o pontapeou tombando a cadeira para trás e provocando a queda do mais novo que sentiu os seus pulsos amarrados atrás da cadeira estalarem.
- Já agora, onde ficamos Donghae? – Hyukjae perguntou enquanto Siwon levantava a cadeira. - Ah sim, estávamos a experimentar o ferro. - disse olhando o ferro num dos cantos da sala.

**************************************************

Yuna abriu os olhos e olhou em redor, parecia estar numa cama de hospital. Perto de si estava alguém que a mesma não conhecia, uma rapariga com a pele branca como a neve e de longo cabelo negro.

- Olá, meu nome é Im Yoona e eu sou a sua psicóloga. Como se chama? – a rapariga perguntou com um sorriso dócil.
- C...Cho Yuna. – ela respondeu sentindo dores no corpo todo.
- Cho Yuna já contactamos a sua família e já apanhamos os médicos que mudaram a sua identidade.
- E…e o DONGHAE! – ela urgiu lembrando-se do seu amigo.
- Infelizmente…
Yuna deixou lágrimas correm o seu rosto percebendo a triste noticia.
- Quando encontraram o corpo?
- Infelizmente ainda não encontramos o agente Lee Donghae.
Por um lado o coração de Yuna acalmou, havia uma hipótese de ele ainda estar vivo.
- A menina esteve 3 dias desacordada precisa de alguma coisa?
Yuna negou com a cabeça limpando as lágrimas.
- Não se preocupe, iremos encontra o agente. – Yoona disse segurando a mão de Yuna que agradeceu.
A porta da sala abriu-se e uma rapariga entrou ficando na porta sem ter coragem de se aproximar.
- Yuna ah…- ela murmurou olhando a mais velha que sorriu.
- Min.
A prima correu até aos braços de Yuna que gemeu de dor.
- Eu sabia que não tinhas morrido!! Eu sabia Yuna!! Que saudades! Sentia tanto a tua falta!
- Eu também Min.
- O que ele te fez?!?! – ela urgiu preocupada.
- Min não quero falar nisso agora.
- Sim, depois falaremos disso, agora será melhor matar saudades. – a psicóloga disse saindo do quarto deixando as duas sozinhas.
A psicóloga deixou a sala e encaminhou-se até o chefe da policia que lá se encontrava.

- Então doutora?
- Kangin sshi teremos de esperar ela está bastante perturbada. – a jovem psicóloga disse.
- Mas não podemos esperar Yoona sshi, não sabemos se os agentes estão vivos! – Kangin urgiu passando a mão na cabeça.
- Kangin sshi aquela rapariga sofreu muito! – Yoona disse chamando a atenção do homem que olhou a jovem agora rodeada pela sua família que a abraçava e chorava em conjunto.
- Aish a vida dos agentes está na mão daquela rapariga! Pelo menos até amanha de manha diga-nos alguma coisa. – ele disse afastando-se deixando a doutora olhando a família de novo unida agarrando a doente e chorando, expulsando a dor que haviam sentido no ultimo ano e meio sem ela.

**************************************************

Numa pequena televisão no esconderijo, Hyukjae vi-a a sua foto nas notícias do telejornal.
- Merda! – ele exclamou levantando-se irritado.
- Hyukjae sshi temos de matar Yuna, antes que ela dê com a língua nos dentes! – Kibum exclamou.
- Ela voltará a ser minha.
- Hyukjae… está na altura de admitir que a perdeste. – Leeteuk comentou recebendo um olhar ameaçador do seu chefe.
- Leeteuk sshi de que lado estás? – Kibum provocou o mais velho.
- Do vosso claro, mas temos de admitir que a situação está negra.
- Muitas vezes parece estar do outro lado. – Kibum continuou.
- Kibum se tens alguma coisa que queiras dizer diz. – Leeteuk disse olhando o mais novo que sorriu.
- Chega. – Hyukjae disse calmo olhando os dois que logo fizeram silêncio. – Leeteuk faz algo útil, vai ver os reféns.
- Sim Hyukjae sshi. – Leeteuk saiu e percorreu os caminhos escuros até uma sala onde os prisioneiros estavam no chão num aspecto bastante vulnerável. Afinal estavam ali à quase 5 dias comendo e bebendo em poucas quantidade.

- Donghae bebe. – ele disse segurando a cabeça do moreno e dando-lhe água.
O moreno abriu a boca com dificuldade e aceitou a bebida.
- Estás melhor? – Leeteuk perguntou.
- Yuna… - ele murmurou. – Hyukjae apanhou…Yuna? – ele perguntou com dificuldade.
- Não te preocupes a Yuna está a salvo no hospital.
Donghae mostrou um pequeno sorriso fechando os olhos.
«Eu não posso deixar que isto aconteça. Eu não posso deixa-lo morrer…Eu tenho eu tenho de o tirar daqui.» Leeteuk pensou olhando o mais novo desmaiado.
Leeteuk aproximou-se do outro refém e ofereceu-lhe bebida ao qual o mesmo ingeriu avidamente.

- Tu estás em muito mau estado…Não aguentarás muito mais tempo… - ele murmurou enquanto Sungmin bebia a água. – Eu tenho de pensar em algo e rápido.

You Are Mine...
My Pretty Slave...


Gostaram?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LaLa
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Qui Dez 30, 2010 9:31 pm

Óstia coitada da Yuna , o Hyukjae è mesmo malvado
Pobre empregada só estava a ajudar a Yuna , também já era velhinha *apanha por ser tão estúpida*
Ainda bem que a Yuna foi levada pela policia
Uhuhuhuhu a Yoona è psicóloga e o Kangin chefe de policia , sim senhora
Deve ter sido um choque para a família saber que ela estava viva
Tadinho do Donghae e do Sungmin
Uhuhuhuhu o Leeteuk vai salva-los Cool , lindo
Ainda vai è levar no pêlo mas é

Continua Miya-chan ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MiyaHaru
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 511
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 27
Localização : Porto. Portugal

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Ter Jan 04, 2011 4:16 pm


- Donghae? – Yuna perguntou olhando em redor e encontrando o mar á sua frente e um conjunto de armazéns atrás de si lembrando um cais.
- Pensavas que conseguias fugir de mim minha linda escrava? – uma voz apareceu atrás de si entre a escuridão da noite
- Ah?! Hyukjae!?NÃO!
O seu amo aproximou-se dela passando a arma na sua pele suavemente enquanto a mesma estava estática pelo medo.
- Queres saber onde está Donghae?
- Yuna… - Yuna ouviu um murmuro atrás de Hyukjae.
- DONGHAE!! – ela tentou encontrar Donghae mas por muito que procurasse a escuridão não ajudava
- Yuna… - Donghae continuava a chama-la enquanto rastejava pelo chão coberto de sangue.
Yuna finalmente viu Donghae se aproximar dela. Mas cada vez que tentava chegar perto dele não conseguia, parecia que por mais que corre-se nunca o alcançaria.
Hyukjae sorriu e entregou-lhe a arma para a mão.

- Mata-o!
- Não!
- Hum…tens a certeza?
- AHHHH!! – Yuna ouviu um grito familiar.
- MINTAE! – ela exclamou ouvindo o grito doloroso de sua prima. – Hyukjae deixa ir!!
- Mata-o e eu deixo-a ir.
Yuna pegou na arma e apontou para Donghae que levantou o rosto e com os lábios murmurou.
- Yuna…salva-me…Yuna…por favor salva-me…Yuna…eu…Yuna…Yuna…Yuna… - ele murmurou até se ouvir um som de um disparo e os seus olhos se arregalarem olhando Yuna que segurava a arma que disparou e acertou em sua testa.
A cabeça de Donghae caiu para a frente e Yuna deixou cair a arma.
- Muito bem minha escrava.



- AHHHHHHHH - Yuna gritou suando e olhando em volta chegando á conclusão que ainda estava no hospital.
- Menina Cho sente-se bem?! - a psicóloga perguntou olhando-a.
- Donghae!!!Eu tenho de salvar o Donghae!!O cais!!! É lá que…É lá que ele está!!! – ela urgiu enquanto a psicóloga tentava acalma-la.
- Calma Yuna sshi! Calma, foi só um sonho.
- NÃO! Eu tenho de ir! – ela urgiu levantando-se da cama enquanto Yoona tentava a agarrar.
- Cho Yuna por favor a menina está fraca! Enfermeira!! – Yoona gritou.
Na porta apareceu a mãe de Yuna que a segurou.
- Yuna, filha calma.
- Mãe o Donghae!!Mãe eu sei onde ele está, eu sei!!
- Yuna calma!
Yuna conseguiu chegar à porta mas a passagem foi barrada por um médico e um enfermeiro que agarraram e pegando nela deitaram-na de volta na cama.
- Acalme-se!
Aos poucos ela começou a acalmar-se, o médico ofegante largou-a e olhou a ficha dela.
- Cho Yuna, eu sou o seu médico, Kim Heechul a menina tem de se acalmar ou vamos ter muitos problemas. – ele disse pegando numa seringa e pegando no braço dela espetando na veia. – Isto irá acalmá-la. – o médico loiro afirmou olhando os presentes.
Aos poucos Yuna sentiu um sono e uma moleza enorme invadir o seu corpo.

- Senhor doutor como está ela?
- A sua filha está bem, só precisa de descanso.
Um barulho de um toque de telemóvel foi ouvido.

- Desculpem. – Yoona afastou-se e atendeu a chamada.
- Noticias?
- Kangin sshi eu já disse que ela precisa de descansar!
- Porra!! Ouça bem doutora! Estão duas vidas em perigo! Duas vidas de uns agentes muito importantes! Ou a menina fala com a vítima ou eu irei falar!
- Muito bem, não sei se isto é relevante ou não. Mas a refém acabou de dizer que sabe onde o agente Donghae está e…
- NÃO É RELEVANTE?!? – o chefe urgiu levantando-se da cadeira.
- Não me deixou a acabar! – a doutora urgiu ouvindo silencio e assim continuando. – Ela teve um pesadelo e falou do cais. Mesmo sendo um sonho seria melhor tentar.
- Prepara rapidamente as forças especiais, vamos resgatá-los e acabar com a raça de Hyukjae!
Henry que se encontrava ao seu lado rapidamente pegou no seu intercomunicador e começou a dar ordens para juntar as melhores forças especiais.
- Obrigado doutora ajudou-nos bastante.
- De nada. – ela disse voltando para dentro do quarto onde a mãe de Yuna olhava a filha dormir.
- Sabe menina deus é enorme. Tirou-me mas voltou a devolver a minha menina. – a mãe comentou enquanto acarinhava o rosto dela. – Aquele animal vai sofrer por ter magoado a minha menina.
Yoona sorriu.
- Em breve. Muito em breve ele estará atrás das grades. - Yoona disse colocando a sua mão sobre o ombro da senhora.

************************************************

No cais, num dos armazens, a porta da sala pequena onde Donghae estava abriu-se, Leeteuk entrou ofegante olhando o mais novo que com um grande esforço levantou a sua cabeça

- Donghae vem! – Leeteuk disse ajudando-o a levantar-se.
- Onde vamos?
- Embora! Eu não posso deixar que ele te mate.
- Obrigado hyung… - Donghae disse olhando o mais velho que sorriu para ele. – Mas o Sungmin… - Donghae proferiu olhando em redor e não encontrando o amigo na sala
- Lamento Donghae.
- O quê? O sungmin…
- Lamento só poder salvar a ti e não ao teu amigo.
- Minnie. Quando é que o Hyukjae o matou?
- Não foi o Hyukjae, foi o Yesung que o matou ontem.
Donghae começou a caminhar com dificuldade apoiado em Leeteuk saindo do armazém.
E agora? O que fazer? Não havia carro.

************************************************
Yuna acordou na cama, olhou o relógio que marcava 3 da manha. Sem pensar duas vezes levantou-se da cama e pegou no saco que estava sobre a cama onde tinha a sua roupa. Vestiu-se e caminhou pelo hospital tentando sair do mesmo. Quando conseguiu, entrou num táxi que lá estava parado.
- Era para o cais por favor o mais depressa possível.
O taxista assentiu e conduziu até ao sitio.
No caminho a mente de Yuna estava no estado de saúde de Donghae mas o seu subconsciente mostrava o que realmente ela queria.

Não é o Donghae que tu queres.

Tu queres o teu amo…

Tu queres vê-lo!

Tu queres sentir os lábios dele, a boca dele morder e marcar o teu corpo…


Yuna tentou afastar a voz mas sem sucesso
Tu queres senti-lo, queres gritar o nome dele novamente como a galdéria escrava e obediente que és!

Que ele te insulte! Que diga que és dele!


Yuna colocou as mãos na cabeça e fechou os olhos mas a voz continuava.
Tu ama-lo!

Tu amas o Hyukjae! Tu queres ser maltratada por ele!

Tu és uma galdéria!

- Menina. chegamos. – o taxista avisou olhando pelo o retrovisor e olhando Yuna com a mão na cabeça e olhos fechados. – A menina sente-se bem?
Yuna olhou-o ofegante.
- Sim. Mande a conta para o hospital. – ela pediu dando o seu nome.
- Com certeza menina e tenha cuidado esta zona é perigosa á noite.
- Sim, obrigado.
Yuna abriu a porta e olhou o mar e depois os armazéns à frente tal como no seu sonho.
- Tal como no sonho… - ela murmurou vendo dois vultos se aproximarem. – Oh meu deus! – ela urgiu se escondendo atrás de umas enormes caixas de carregamento.
- Mais rápido! – ela ouviu uma voz e depois um gemido doloroso.
- Não…Ele vai atirar Donghae ao mar. – Yuna murmurou levantando-se e correndo até aos dois. – Larga-o! – ela urgiu dando um pontapé na perna de Leeteuk fazendo o mesmo deixar cair a sua arma e Donghae que se espatifou no chão.
- Tu? Mas como? – Leeteuk olhava-a sem entender.
Yuna pegou na arma e apontou para Leeteuk.
- Yuna não! – Donghae urgiu.
- Ah? Ele ia te matar!
- Não, eu estou a salvá-lo. – Leeteuk respondeu ajudando-o Donghae a levantar-se que olhou a morena que parecia ter melhor aspecto. - Vamos rápido. – Leeteuk disse apresando o passo tendo a ajuda de Yuna que rapidamente segurou Donghae do outro lado.

PUM

Leeteuk arregalou os olhos e caiu para a frente deixando o peso todo de Donghae em Yuna que gritou vendo Leeteuk cair para frente inanimado.
- Odeio traidores. - uma voz foi ouvida atrás de si.
- Hyukjae! – Yuna urgiu olhando o seu antigo amo com os seus 3 capangas.
- Yuna… - Hyukjae aproximou-se mas Yuna levantou a arma que segurava na mão livre.
A mão dela termia enquanto a outra segurava Donghae com dificuldade.
- O que vais fazer? – Hyukjae sorriu.
- Afasta-te monstro! – ela urgiu tremendo enquanto segurava Donghae que gemia com dores.
- Yuna…de…deixa-me e foge. – Donghae murmurou com dificuldade.
- Não. – Yuna disse olhando Hyujae se aproximar ainda mais.
- Cobarde novamente. – Hyukjae ameaçou tirando a arma da mão dela e olhando-a que arregalou os olhos e ficou com a respiração acelerada quando sentiu Hykjae passar para trás de si, depois empurrar Donghae para o chão.
- Linda como sempre. – Hyukjae proferiu passando a arma no pescoço dela.
- Mata-me! – Yuna urgiu tremendo com o toque dele.
- Não… - Donghae conseguiu murmurar tentando-se levantar.
Hyukjae olhou o irmão e em conjunto com os seus capangas gargalharam.
- Patético fish. - ele disse levantando a arma para o irmão.

PUM

Continua....

You Are Mine...
My Pretty Slave...


Sorry pelas tentativas do disparo das armas XD
Este é o penúltimo episódio Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Ter Jan 04, 2011 4:57 pm

OMONA! *dizzy*
Eu nem sei o que hei de dizer... !
Isto é tanta emoção... tanto stress! OMO!

Nee... eu achei piada ao facto da Yoona ser a psicóloga e o Heechul o médico xD Heechul médico é mesmo o melhor Razz E a discussão do Kangin com a Yoo xD
WHATTTT? SUNGMIN O.o ANIYO! Ele não pode ter morrido! Não pode *desespera* Aish, se ele morreu mesmo eu vou matar o Yesung too! u.ú
Afinal o Leeteuk até está do lado dos bons ~
Mas que raio! Mataram-no também, logo agora que ele estava a fazer uma coisa boa! Vou desesperar *chora*
Epá, posso bater na minha prima? A sério, ela merece! Como é que pode pensar que AMA o Hyukjae?
Vou-lhe dar um desconto só porque está traumatizada *apanha*

OMONAAAAAAA *gets out of control*
O Eun matou o Hae? Aquele tiro foi para ele? Diz-me que não! Sad
E diz-me também que a Yuna não fez algo como se colocar na frente dele para levar com o tiro e... *medo*
Não pode! Mad

Eu vou ficar aqui a sofrer até postares o final!
Soo... rápido please *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
Nayomira
Pro Writer
avatar

Mensagens : 357
Data de inscrição : 06/09/2010
Idade : 28
Localização : Somewhere around..

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Ter Jan 04, 2011 5:23 pm

wtf?! o sungmin esta MORTO???? EU ACABO COM A RAÇA DAQELE YESUNG!!!!!!!!!!!!!! ARRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRGH!!!!!!!!!!!!!!
e a atrasada mental da yuna ja deixava a merda do sindrome de estocolmo qe ja começa a meter um cado de nojo! --'
espero qe o fish nao tenha morrido!!!!!!! T_____________T ja qe o leetuk tambem foi desta pa melhor! hao-de acabar todos mortos! tristeza! --'
continua...qero o final!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dbskportugal.forumeiros.com/portal.htm
LaLa
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Ter Jan 04, 2011 9:10 pm

Sungmin tadinho TT_TT
Não o Sungmin é Deus ele há-de ressuscitar xD
A Yuna anda rebelde , até já foge do hospital e nem paga o táxi nem nada , no hospital que paguem sim senhora
Yuna nocturna protege ali o seu homem do Leeteuk , mas do Hyukjae a história é diferente
Hyukjae morcão tinhas de matar o Leeteuk ???
Hoje em dia já não se conversa como dantes XD
O Hyukjae ama demasiado o irmão ele não era capaz , ou talvez até era Evil or Very Mad
Ele que nem pense numa infelicidade dessas

Continua Miya ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Ter Jan 04, 2011 9:44 pm

OMG!!!!!
OPA A SERIO!!! 3 CAPITULOS SEGUIDOS E EU ESTOU-ME A PASSAR
EU QUERO O FINAAAAL
está brutal a serio!! A tua escrita está brutal, estás a evoluir tanto. esta fic está tão boa, a serio! *O*
Tadinho do sungmiiin. TEUKIEE agora que estavas no bom caminho... *reza para que nao tenha sido um tiro que o tenha matado*
Só morre tudo T-T fogo, que nojo, isto está tao real, até dá um aperto no peito >_<
EU QUERO MAAAAIS. NAO QUERO QUE ACABE!
eu gosto tanto disto. está tao fixe a serio. E o heechul é medico *momento que nao tem nada a ver com a fic mas gostei Cool*
continuaaaa *O*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
MiyaHaru
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 511
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 27
Localização : Porto. Portugal

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Sab Jan 08, 2011 1:29 am

Eu tinha de pôr o Heechul como o sexy médico ahahaha
Ora bem e prontos terminei! Espero que gostem do final Smile



PUM

- Polícia! – ouviram uma voz grossa e agentes apareceram de todos os lados.
Hyukjae puxou Yuna e em conjunto com os capangas começaram a disparar e correram para se protegerem atrás dos grandes carregamentos que formavam um labirinto.


Hyukjae puxou Yuna pelo labirinto que as caixas enormes de mercadorias faziam.
- Vamos! – ele urgiu puxando enquanto a mesma se tentava largar dele. - Siwon pega nela! – ele ordenou empurrando-a ao encontro do mais novo que pegou nela ao ombro como se a mesma fosse um carneiro.
- Larga-me!! – ela urgiu.

- Sigam-nos! – Kangin ordenou correndo para junto de Donghae. – Donghae estás bem?
- A Yuna! A Yuna! – Donghae tentou-se levantar mas estava bastante fraco.
- Onde está Sungmin?!
Donghae olhou para o seu chefe e depois baixou a cabeça.
- MERDA!! – ele urgiu. – Procurem o agente Sungmin rápido.
- Kangin sshi eles mataram-no. – Donghae disse.
- Não!! Ele ainda pode estar vivo!
Rapidamente os paramédicos chegaram perto de Donghae.
- Não! Eu tenho de salvar Yuna! – ele urgiu tentando-se livrar dos paramédicos.
- A Yuna? – Kangin repetiu pensando não ter ouvido bem.
- Sim, o Hyukjae levou-a!
- Como? A Cho Yuna está no hospital.
- Kangin sshi! Cho Yuna fugiu do hospital! – Henry avisou correndo em direcção do seu chefe.
- O quê?! – Kangin pegou no intercomunicador enquanto se ouviam os tiros. – A todas as unidades: Hyukjae tem uma refém! Hyukjae tem uma refém!! – ele avisou correndo para o meio da confusão. – Henry procura o Sungmin.
- Sim Kangin sshi.

- Siwon põe na no chão! – Hyukjae urgiu observando a rapariga pontapear o raptor.
- Hyukjae sshi temos de sair daqui! – Kibum urgiu retribuindo os tiros.
Hyukjae agarrou os cabelos de Yuna e pressionou a sua arma no estômago dela.
- Diz as tuas preces!
- Hyukjae por favor porque fazes isto? – ela perguntou segurando a mão dele e olhando-o nos olhos.
- Não me venhas com esse olhar de pena! – Hyukjae urgiu pressionando ainda mais a arma.
Um grito foi ouvido.
- Yesung!! Hyukjae sshi, o Yesung foi atingido! – Kibum gritou olhando o mais velho cair para frente e sendo agarrado pela policia.

- PORRA! Protejam-me! – ele ordenou puxando Yuna e levando-a para o grande navio de mercadorias que estava embarcado ao lado do cais.
Visto que ele estava com Yuna a policia não se atreveu a disparar.
Eles entraram no navio e ficaram perto da proa do mesmo.
– Tenho de fazer alguma coisa!! – Hyukjae urgiu caminhando de um lado para o outro com as mãos na cabeça. – Os meus homens estão a morrer!!
- Entrega-te. – Yuna sugerir recebendo um olhar ameaçador. – Se não o fizeres, eles irão matar-te.
- Se eu morrer, tu morres comigo minha escrava. – ele disse com um sorriso sádico.
- Porquê Hyukjae? Porque és assim??
- Porquê?! Porque sempre sofri!! Desde criança, o monstro do meu pai mal tratava-me! E o Donghae…o meu próprio irmão traiu-me, depois de tudo o que fiz por ele.
- Tudo o que fizeste por ele? Tu pagaste a uns homens para o raptar!!
- Isso não é verdade! – ele disse cerrando os dentes. – O meu pai foi o responsável!
- Como queres que acredite nisso?!
- Porque achas que matei o meu pai?! Por birra?!? Não. – ele disse sorrindo. – Porque ele matou-me o meu irmão, assim eu pensei até o ver de novo.
- Oh meu deus Hyukjae, o Donghae pensa que foste tu que…
- Eu sei, e é bom que ele pense assim...o que eu mais quero agora é a morte dele.
- Não queres. Tu não o mataste.

- Kangin sshi apanhamos os capangas! Só falta Hyukjae! – Kangin ouviu do seu intercomunicador enquanto avançava para o local.
- Entendido! Onde está Hyukjae?
- No navio!
- Avancem ele está perto da proa com a refém! – Kangin ordenou olhando pelos seus binóculos.

- Tu podias tê-lo matado naquele momento enquanto falávamos mas não o fizeste.
- Cala-te! – ele urgiu aproximando dela.
- Admite o Donghae é importante para ti!
- Yuna chega! – ele urgiu olhando os homens subirem o caminho para entrar no navio. - O que vou fazer?! – Hyukjae urgiu olhando a arma na sua mão. Yuna arregalou os olhos entendendo perfeitamente o que ele tinha em mente.
- Não! Hyukjae por favor entrega-te!!

Hyukjae olhou-a que tinha os olhos inundados de lágrimas. O que iria fazer? Matar Yuna? Ela era sua! Se ele morre-se ela também teria de morrer. No entanto era mais fácil pensar do que fazer. Porque raio não conseguia matar aquela mulher na sua frente!? Depois de tanto mal que lhe fez, parecia estar a amolecer? Talvez porque a sua morte estava próxima. Sim Hyukjae não iria para a cadeia preferia escolher a morte rápida do que a morte lenta na cadeia.
- Hyukjae por favor! – ela pediu segurando na camisa negra dele.
- Yuna…
- Por favor… - ela pediu no rosto dele rosando o seu nariz no dele. – Por favor Hyukjae entrega-te.
- Yuna… - ele proferiu segurando o seu rosto e beijando-a.
Depois do beijo ele sorriu olhando o rosto chorão da sua escrava e fez um gesto carinhoso no rosto dela. Olhando-a com um olhar sincero e dócil, algo que Hyukjae escondia de todos.
- Tu…tu…és a única que se importou comigo. Sarangheyo. – ele disse afastando-se dela e pegando na arma disparando em si próprio e deixando cair o seu corpo abaixo do navio.
- HYUKJAE! – Yuna gritou levantando-se e tentando agarrar Hyukjae mas apenas lhe tocou ao de leve na camisa dele. – HYUKJAE!!!NÃO! – os gritos dela entoaram em todo o cais que repentinamente ficou silencioso.
Kangin aproximou-se com os agentes olhando a morena debruçada na beira do navio.
- HYUKJAE! – ela gritou novamente na esperança de o ver ou de o ouvir.
Kangin aproximou-se da beira do navio e tentou ver o corpo de Hyukjae mas com a escuridão da noite e a altura era difícil.
- Preparem as equipas de mergulho. – ele ordenou. – Menina venha.
- NÃO! HYUKJAE! – Yuna urgiu empurrando o policia que inspirou e abraçou-a deixando-a chorar no seu ombro.

********************************************

" O corpo de Lee Hyukjae foi encontrado esta manha após de o mesmo ter cometido suicido a noite passada. Os dois agentes rapados foram finalmente encontrados, um deles foi encontrado morto, o segundo agente Lee Donghae encontra-se estável no hospital de Seul. As autoridades…"
As notícias eram ouvidas no quarto de Donghae que tinha ao seu lado Henry, um dos agentes.
- Fico contente que esteja bem agente Lee Donghae. Lee Sunny entregou-se esta manha após saber as noticias.
- Lee Sunny. A namorada de Sungmin?
- Sim a suposta namorada que o entregou. Mas ela, felizmente, entregou-se na esquadra.
Donghae assentiu em silêncio, Henry olhou-o percebendo o que o agente pensava naquele momento.
- A culpa não foi s…
- Foi! – ele respondeu repentinamente. - Aish eu não devia ter deixado o Sungmin entrar nesta missão! Eu sabia quanto perigoso era!Eu…
- Donghae. - os agentes ouviram uma voz da entrada da sala.
- Eu vou deixar-vos sozinhos. – Henry disse saindo da sala.
Donghae olhou a rapariga se aproximar lentamente com o rosto molhado de lágrimas.
- Yuna. – ele proferiu tocando no cabelo dela.
- O Hyukjae…ele… - ela tentou falar mas o nó que sentia na garganta não a deixava falar.
- Eu sei. – Donghae respondeu com o rosto fechado.
Yuna olhou-o com uma expressão dolorosa.
- Eu não vou chorar por ele Yuna, ele mereceu. – Donghae respondeu seco.
Yuna assentiu e afastou-se de Donghae.
- Yuna. O qu…
- Não foi o teu irmão que pagou aos raptores, foi o teu pai talvez porque ele descobriu aquilo que tu eras.
- O quê?
- O Hyukjae disse-me antes de se matar que não foi ele que pagou aos raptores.
- E tu acreditas-te?!
- Sim, por isso ele matou o teu pai porque ele tirou-lhe o mais importante para si, tu.
Donghae explodiu numa gargalhada.
- Como podes acreditar nisso?!
- Então se ele mentiu porque não te matou?!?! Porque matou o agente Sungmin e não te matou a ti!?
Donghae desviou o olhar do olhar de Yuna.
- Ele é um monstro!
- O teu irmão podia ser um monstro! O diabo em pessoa! Era um criminoso, um aldrabão, um violador, um idiota mas no fundo eu sei que ele era uma pessoa com coração ele…ele apenas sofreu injustamente e…
- Também eu Yuna! Tudo o que o meu irmão passou eu também passei e não sou nenhum assassino!
- És sim. Donghae tu és policia. Quantos não matas-te?
- Yuna porque estás revoltada com a morte dele? Depois de tudo o que ele te fez a ti e a mim como ainda podes estar nesse estado porque ele morreu?
- Eu não sei, mas eu amava e amo o teu irmão e…
Donghae sorriu e negou com a cabeça.
- Ele fez-te tão mal.
- Talvez eu gostasse da maneira como ele me magoava.
- Então não te importavas comigo, visto que gostavas dele, apoiava-o?
- Não Donghae! Eu fui ter contigo e…
- Não, tu foste ter com ele, Yuna admite! Tu foste ao cais na esperança de o veres! – Donghae urgiu severamente.
- Eu…eu…não é verdade. – ela respondeu baixando o rosto.
- Ele morreu! Ele mereceu e sabes que mais eu importei-me contigo! Salvei-te porra! E tu Yuna? O que fizeste tu?!
- Donghae…
- Eu amo-te eu sou capaz de fazer qualquer coisa por ti mas tu gostas dele! Dele! Aquele que te violou, te magoou! Aquele que te marcou o corpo! Enquanto eu sempre fui carinhoso e tu nunca me deste aquilo que te peço. O que tenho de fazer!?
- Donghae…eu…
- Diz-me! O que tenho de fazer?! Tenho de te bater?! De te tratar com desprezo como ele te tratou?!
- …
- Diz-me o que tenho de fazer!?
Yuna olhou-o e negou com a cabeça sem saber o que dizer ou fazer.
- Dá-me uma oportunidade, prometo te fazer feliz. – ele disse procurando a mão dela.
A morena desviou o olhar deixando lágrimas caírem.
- Eu não te amo Donghae tu és um amigo muito importante para mim acredita, mas eu não consigo gostar de ti como tu gostas de mim porque eu amo o Hyukjae.
- Ele morreu Yuna! Ele não vai voltar! – Donghae exclamou tentando chamar a razão.
- Infelizmente.
Donghae suspirou e o silêncio instalou-se na sala até se manifestar o choro mudo de Yuna.
- Vem cá.
Yuna fungou e rapidamente abraçou Donghae que gemeu um pouco com a dor do seu corpo.
- Podes contar comigo para tudo.
- Obrigado Donghae.

*********************************************

Cinco meses depois Yuna entrou na mansão com Donghae, visto que o único herdeiro era Donghae, a mansão agora pertencia-lhe.
Os dois subiram até ao escritório na esperança de encontrar provas que incriminassem ainda mais os capangas de Hyukjae.

Yuna tentou abrir uma das gavetas mas a mesma parecia estar presa.

- Donghae ah! Não consigo abrir. – ela queixou-se usando toda a força possível
O rapaz sorriu e aproximou-se conseguindo abrir a gaveta rapidamente.
- Foi sorte! – ela disse olhando a expressão dele.
Yuna olhou a gaveta e retirou os papeis entregando a Donghae, mas no processo caiu um envelope no chão.

- Oh o que é aquilo? – Donghae perguntou enquanto Yuna se baixou para o apanhar.
- Não diz nada. – ela disse analisando o envelope.
- Abre.
Yuna abriu e sorriu olhando uma foto de dois irmãos em tempos muito próximos.

Spoiler:
 

- O que é? – Donghae perguntou tentando ler a inscrição na parte trás da foto.
Yuna revirou a foto e leu em voz alta a inscrição.

- Sinto a tua falta fish. Irei te encontrar e juro-te que as pessoas que te mataram irão sofrer.
Yuna terminou de ler e entregou a foto a Donghae que de momentos apeteceu-lhe rasgá-la mas quando olhou a foto não consegui fazê-lo.

- Eu disse-te que não foi ele Donghae. – Yuna disse olhando o moreno em silêncio. – o teu irmão gostava de ti.
- Por isso é que quase me matou não foi?
- Disseste bem, quase. Ele nunca te mataria porque não te queria perder. Tu eras o irmão mais novo dele.
Donghae fechou os punhos olhando o chão.

- Donghae admite que sentes falta do teu irmão.
- Falta? Não! Yuna ele mereceu.
- Eu não estou a perguntar se ele mereceu ou não eu estou a pedir para admitires o que sentes.
Donghae olhou a foto novamente durante alguns minutos.
- Não sinto nada.
- Aish és um casmurro de primeira Lee Donghae! – ela urgiu saindo do escritório e deixando cair o envelope no chão.
Donghae olhou novamente o envelope que parecia ainda ter algo no mesmo.
Ele retirou outra foto mas desta fez a foto era sua. Mais uma vez por trás tinha uma inscrição:
“ Consegui Fish!! Matei o responsável pela tua morte!! Matei o nosso pai! Descansa em paz Lee Donghae, Do teu irmão Lee Hyukjae.”

Donghae guardou as fotos no seu bolso do casaco. «Desculpa Hyukjae, perdoa-me por te trair hyung. Sarangheyo.» Ele terminou com um sorriso e olhando os papeis.

- Demoras? – ele ouviu a voz chateada de Yuna.
- Ficaste amuada? – ele perguntou com um sorriso.
- Fiquei. – ela disse mostrando a língua a Donghae e cruzando os braços no seu peito.
- Vamos embora.
- Já viste tudo? – ela perguntou.
- Já tenho aqui os papéis que chegam para analisar. Depois venho buscar mais.
- Donghae ah que estás a pensar fazer com esta mansão? – ela perguntou olhando em volta.
- Formar uma família e viver aqui.
- Sabes eu amanha vou sair com a minha prima queres vir?
- Onde vais?
- A uma discoteca, tenho a certeza que tu e a minha prima se vão dar lindamente como se deram no hospital.
Donghae rolou os olhos olhando a rapariga que tinha uma expressão inocente no rosto.
- Queres o número dela?
- Já tenho.
- Oh isso já está tão avançado?! – ela perguntou sorrindo.
Donghae fechou a porta da mansão e olhou-a com um olhar ameaçador.
- O que foi?
- Eu e a Min só somos amigos.
- E já a tratas por Min, uauh isso vai longe! – ela disse começando a correr quando o moreno começou a persegui-la com os papeis na mão.
- Cho Yuna!!
Yuna gargalhava como nunca, sentia-se feliz, algo que não sentia à bastante tempo. Parecia finalmente ter encontrado paz em relação a Hyukjae que mesmo depois de morto Yuna o continuava a tratar como seu amo. Ela sempre seria sua escrava e ele sempre seria seu amo. Por mais homens que surgissem na sua vida, ela acabava por os afastar porque só Hyukjae poderia ser proprietário do seu corpo e alma. Afinal ele tinha razão, ela seria sempre dele.


FIM


You Are Mine...
My Pretty Slave...


Eu sei a foto é trenga mas a ideia era essa mostrar a infantilidade e aproximidade deles XD
Espero que tenham gostado...e eu finalmente terminei a faceta má do Hyuk. Agora é só cuteness XD
Ah não pus foto no Donghae porque não encontrei a perfeita mas vocês já sabem como o peixe é ^^
Thanks girls principalmente a Cho mintae por me ter deixado usa-la na fic ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Sab Jan 08, 2011 12:28 pm

Não é preciso agradeceres Miya-chan ^^ Eu gosto de ser personagem de fics. Podes sempre usar-me quando for preciso XD
OMO~! Foi o fim *chora* E que FIM *-* Eu gostei tanto ~ ♥️

Eu ri daquela comparação do carneiro XD Siwon, Siwon... não é assim que se pega numa rapariga!
Afinal o Sungmin morreu mesmo? *chora oceanos* NÃOOOO Crying or Very sad
Achei bem a Sunny ter a decência de se entregar... traidora u.ú
Ainda estou sem palavras com aquele drama dos irmãos e do pai! OMO~! Foi um bom enredo ali Miya, parabéns ^^
Eu estava capaz de matar o Hyukjae no capítulo anterior... mas senti pena quando ele se matou Sad
E a Yuna! Omo ~
Ela foi uma personagem muito bem estruturada ^^ E sempre soube o que sentia, mesmo parecendo errado. Ela amava o Eunhyuk de verdade. Mesmo com as barbaridades todas ~ O amor não se compreende e ela é prova disso. Também foi interessante ver que, ao contrário do que eu estava à espera, e mesmo o Hae sendo tão handsome... ela preferiu não ficar com ele... já que o sentimento tão forte não era recíproco por parte dela... e já que ela não lhe podia dar tudo o que ele merecia... não insistiu numa relação assim...
Ai credo! Que filosófica ou psicóloga que eu fui agora XD
Olha, não tens noção do que eu me ri com a foto! Que totós adoráveis XD
Ui... eu dou-me assim tão bem com o Hae que ele já me chama de Min e tudo... ui XD Mas vá, just friends que eu não quero ter problemas com uma certa pessoa *apanha*
Gostei da Yuna a gozar com ele XD
E aquele último parágrafo matou-me *-*

Adorei isto ~
Adorei o lado evil do Eun! Ele foi para lá da crueldade e desumanidade! Aish ~
Mas vem aí cuteness? Bring it on *-*
Nee... testamento *apanha*
Adorei tudo. Parabéns ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
Nayomira
Pro Writer
avatar

Mensagens : 357
Data de inscrição : 06/09/2010
Idade : 28
Localização : Somewhere around..

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Sab Jan 08, 2011 2:58 pm

adorei!!!! o sungmin morreu mesmo, nee? BUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
ok.....histericismo à parte, a fic teve muuuito boa! o hyuk afinal nao era assim tao mauzinho! XDDD adorei o enredo, adorei o final, acho qe ficvou perfeito e bastante logico! ^^
amei a fic! sou fa das tuas fics! XDDD

yey! parabens pelo fim e pronto....fic excelente...ja me estou a repetir! LOL ja acabei! XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dbskportugal.forumeiros.com/portal.htm
LaLa
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Seg Jan 10, 2011 8:03 pm

AAAWWWWW *passado os cinco minutos*
Altamente amei este fim , amei esta fic Miya

O Sungmin morreu mesmo que ultraje TT_TT
Morreu com o coração despedaçado xD
Como é que a Sunny foi capaz de o denunciar ???
Ohhhh o Hyukjae matou-se *chora para um canto*
Epá Yuna qué essa m*rda pahhh o Donghae não é de se deitar fora
Mas vá que ficaram amigos
Tão fofos os dois
Ainda bem que o Donghae acreditou que o Hyukjae não o tinha mandado raptar
O Hyukjae até que foi querido a vingar a "morte" do seu fish

Miya-chan amei , ficou tudo perfeito Wink
Parabéns!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   Qua Jan 12, 2011 11:41 pm

omg *-*
O final foi perfeito. E a min é que sai a ganhar.
podiam fazer um filme com isto!
a sério miuda. está lindoooo. parabens. esta fic ultrapassou-me completamente. Está tão intensa e dramatica e... ai nem sei o que dizer.
A serio. continua a escrever porque estás sem dúvida a evoluir imenso.
parabens ^^
quero mais fics Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [Super Junior] MINE   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Super Junior] MINE
Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3
 Tópicos similares
-
» Super Junior-Quiz
» Reconheça Super Junior
» Minha história com Super Junior, wee
» [Super Junior] Mamacita MV
» [Super Junior] Divulgada informações sobre os ingressos no Brasil

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FanFictions Wonderland :: FanFictions :: Kpop :: FanFictions Acabadas-
Ir para: