FanFictions Wonderland

Gostas de escrever e/ou ler FanFics? Então junta-te a nós e entra neste mundo de Kpop, Jmusic e fantasia ^-^
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [Eunhae] Press the Reset (Double-shot)

Ir em baixo 
AutorMensagem
MiyaHaru
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 511
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 27
Localização : Porto. Portugal

MensagemAssunto: [Eunhae] Press the Reset (Double-shot)   Seg Jul 25, 2011 5:11 pm

Aqui está a fic!

Lembrem-se de ouvir a música Very Happy

Esta continua a ser importante Very Happy

Apresentação





You ask me if I really don’t feel anything or if nothing’s wrong from time to time
Do I really look like nothing is wrong?
Do I?

Havia passado cinco anos desde a última vez que haviam estado juntos. Donghae e Eunhyuk encontravam-se no mesmo programa 5 anos depois do fim do grupo Super Junior. O grupo havia chegado ao fim não só pelo desentendimento dos dois que enfraqueceu o grupo mas também porque os membros queriam realizar alguns dos seus desejos pessoais. Após o final do grupo, Eunhyuk tornou-se num apresentador em vários programas. Donghae por sua vez construiu a sua vida como actor em Taiwan nos primeiros anos. Porém cinco anos depois de estar fora do seu país as saudades começaram a apertar, assim ele voltou à Coreia onde estabeleceu a sua vida perto da família, continuando a sua carreira de actor.

Com o sucesso a aumentar foi convidado para um novo programa. Ele entrou na estação e depois da maquilhagem dirigiu-se para o cenário do programa, no entanto os olhos pararam numa figura que infelizmente lhe era familiar.

- Oh não. - Ele murmurou olhando o ex melhor amigo que se sentou na sua cadeira sem reparar na sua presença.

- Lee Donghae sshi, o senhor senta-se aqui. – Um dos homens dos bastidores apontou para a cadeira do outro lado, longe de Eunhyuk.

- Pelo menos isso…

Quando o nome foi pronunciado os olhos de Eunhyuk rapidamente procuraram o ex melhor amigo que se sentava agora na cadeira. Fitou-o em choque. Os anos haviam feito bem a Donghae, os anos ou a prostituta que ele tinha agora. Segundo os membros, Donghae havia se juntado com uma rapariga de Taiwan e estava bastante feliz com ela enquanto Eunhyuk continuava solteiro. Donghae sentiu o olhar de Eunhyuk em si e disfarçando cumprimentou o convidado á sua frente e os dois começaram a falar ignorando Eunhyuk completamente.

- Donghae… - Eunhyuk murmurou.

Nunca se havia apercebido do quanto sentia falta daquele sorriso infantil e carinhoso. Ele sentia falta do mais novo, naquele momento apetecia se levantar e abraça-lo. A sua atenção foi desviada para o apresentador que entrou na sala e deu início ao programa que consistia em falar de tudo o que os convidados sugerissem.

O assunto de conversa era os grupos passados e os recentes.
- Ah, hoje temos presentes no nosso estúdio Eunhyuk sshi e Donghae sshi! – O apresentador apresentou e os dois convidados ergueram-se agradecendo todos os aplausos. – Vocês os dois foram da banda Super júnior, um grande sucesso em todo o mundo, o que acham dos novos grupos?

Eunhyuk e Donghae falaram e lembraram alguns momentos da banda mas que nunca envolvesse os dois e durante a conversa nunca se referiram ou trocaram palavras. Apesar de antes se conhecerem bastante bem, pareciam agora simples desconhecidos.

- Vocês já não estavam juntos há muito tempo? – O apresentador perguntou.

- Cinco anos. – Eunhyuk respondeu prontamente.

- Devido às actividades pessoais de cada um é difícil. – Donghae acrescentou uma mentira visto que o desejo de se aproximarem também não era muito.

Sentindo o clima frio, o apresentador mudou de conversa até para não entrar por outros campos.

O programa terminou e Eunhyuk olhou Donghae que vinha na sua direcção. Inconscientemente, Eunhyuk abriu um sorriso vendo o moreno se aproximar, porém Donghae passou por ele e cumprimentou a pessoa atrás dele, deixando-o em choque.

Even now when I look at you my heart hurts
Even if it’s for a moment
I try hard not to let my tears fall
Don’t you know that I’m smiling like a fool?

Depois de se despedir dos presentes, Donghae saiu do cenário e dirigiu-se á saída da estação. No caminho embateu em alguém, levantou o rosto e encontrou Eunhyuk. Sorrindo fez uma vénia e pediu desculpa de forma mais formal existente.

- YA! – Eunhyuk finalmente urgiu segurando o seu pulso. – O que se passa contigo? Não me conheces é isso?! Estou assim tão diferente? – Eunhyuk urgiu olhando o mais novo que levantou uma sobrancelha.

- Desculpe, mas conhece-o? – Donghae atirou sorrindo e Eunhyuk jurou que ouviu o seu coração partir em bocados.

Donghae desprendeu-se do braço dele e caminhou na direcção contrária do mais velho, mas o último agarrou-o novamente e puxou-o para as escadas de emergência.

- Larga-me! – Donghae urgiu empurrando Eunhyuk que o prendeu na parede olhando-o intensamente. – O que queres?

- Quero que fales comigo! – Eunhyuk pediu nervoso e recebeu um sorriso por parte de Donghae.

- É fodido não é? É fodido quando queremos ouvir a voz ou uma palavra amiga por parte de uma pessoa que nos é importante e ela simplesmente nos caga na cara. – O olhar de Donghae tornou-se negro. – Bem-vindo ao meu passado mundo Hyukjae sshi. – Aquele “Hyukjae sshi” saiu de forma irónica. – Agora se me dás licença tenho alguém á minha espera. – Ele disse saindo dos braços do mais velho que ficou fitando o chão enquanto fechava os punhos.

Now how can you and I become friends like before?
Can we really be like that?
Can we really?


Donghae sorrindo satisfeito entrou no carro e conduziu até sua casa. Ele queria fazer o Eunhyuk sofrer da pior maneira, queria que ele chorasse como ele chorou, queria que ele desesperasse como ele desesperou. Mesmo quando o grupo chegou ao fim, Eunhyuk foi incapaz de o abraçar, de lhe enviar uma palavra ou um simples olhar, simplesmente desapareceu sem sequer dar uma oportunidade a Donghae que agora sentia-se satisfeito por o magoar. Algo impensável antes da discussão deles. Donghae tinha mudado muito, ele era incapaz de o magoar há cinco anos atrás. Mesmo não sabendo a razão, naquele momento sentia-se bem com ele mesmo por magoar o ex melhor amigo daquela maneira. Durante a condução recebeu uma chamada.

- Siwonnie!! – Ele urgiu sorrindo. – Que saudades! Onde andas?

- Estou a filmar um novo drama hyung! E tu?

- Estou a ir para casa.

- Ah Hyung amanhã vai haver um encontro de grupo, vens?

- Desculpa Siwon mas não me apetece ver as trombas do Hyukjae novamente.

- Vá lá hyung! Novamente?

- Sim encontrei-o agora num programa e sinceramente não o quero ver mais.

- Mas não tens saudades do resto do pessoal? – Siwon perguntou e Donghae suspirou.

Donghae tinha saudades de todos eles, já não os via há algum tempo.

- Vens?

- Vou. – Ele rendeu-se.

- Oh ainda bem! Depois eu mando-te as direcções.

- Ok Siwonnie, até amanhã então.

- Até amanhã hyung e conduz com cuidado.

- Sempre. – Donghae sorriu e desligou a chamada concentrando-se na condução.

Parou no sinal vermelho e olhou pelo retrovisor avistando um carro negro atrás de si. Aquele carro já o seguia à bastante tempo. Donghae fez uma experiência. Virou numa rua estreita e foi seguido pelo carro, acelerou um pouco mais e o carro copiou a sua acção. Ele estava sem dúvida a ser seguido.

- Porra, não me digam que são paparazzis! – Donghae urgiu. – Não se fossem paparazzis seriam mais cuidadosos, talvez seja uma fã? – Donghae disse olhando pelo retrovisor o carro negro.

Donghae deu de ombros e voltou os olhos para a estrada, no entanto no momento em que os olhos voltaram para a estrada, Donghae avistou um cão passar na rua. – MERDA! – Ele urgiu segurando no volante.

Sabendo que não conseguiria travar a tempo rodou o volante, o carro rodopiou e embateu num muro. O impacto foi forte e por alguma razão o airbag do carro não abriu e a cabeça de Donghae embateu no volante rachando um pouco a testa. No momento em que o carro embateu, o carro preto atrás parou bruscamente e um vulto saltou fora do carro e correu desesperadamente até Donghae.

- DONGHAE! – Donghae rapidamente reconheceu a voz.

- Eunhyuk… - a voz de Donghae saiu fraca e o mais novo desmaiou.

- DONGHAE!! Por favor Donghae!! – Eunhyuk urgiu voltando ao seu carro e pegando no telemóvel para marcar um numero com a mão tremula. – Uma ambulância! RÁPIDO!

- Senhor tem de nos dar as coordenadas.

- As coordenadas?! Por favor o meu amigo vai morrer!

- Tenha calma. Diga-me onde está.

- Ah…ah…perto de um monte! – Ele urgiu olhando em volta.

- Aish é melhor eu localizar a chamada. – O homem disse. – Fique perto do seu amigo e continue a falar comigo, preciso que me diga o estado dele.

Eunhyuk rapidamente correu para o carro olhando Donghae que não dava sinais de vida. Enquanto respondia ao homem do outro lado, as lágrimas caíam livremente dos seus olhos.

- A ambulância deve estar a chegar. Não mexa no seu amigo, entendido?

- Sim… - Eunhyuk murmurou desligando a chamada e olhando Donghae. – Donghae ah perdoa-me por favor. Não morras por favor… - Eunhyuk entrou em pânico quando viu sangue escorrer do volante. – Donghae!

_____________________________________

- Doutor como está ele? – Eunhyuk perguntou pela trigésima vez ao médico em apenas duas horas.

- Tenho de ir ver outro doente Hyukjae sshi.

- Mas como está ele?! Diga-me!

- Calma Hyukjae sshi, sente-se. O Donghae sshi ficará bem se tudo correr como nós esperamos, mas as próximas horas são essenciais para o bem-estar dele, entende?

Eunhyuk assentiu olhando médico que se afastou. Sentou-se numa cadeira perto da sala do amigo e passou a mão nos cabelos castanho desorganizando-os desesperado.

- Eunhyuk! – Eunhyuk ouviu uma voz conhecida.

- Oh Teuk hyung! – Ele urgiu vendo o grupo da ex banda em peso no hospital.

- Como está ele? – Kangin perguntou.

- Não sei, os médicos pensam que ele ficará bem mas ainda não há certezas.

- A família já sabe? – Yesung perguntou aproximando-se.

- Não, ainda não tive coragem de ligar.

- Eu ligo, deixa estar. – Yesung disse pegando no seu telemóvel.

- Foi tudo por minha culpa! Eu seguiu-o e distrai-o…eu…aish!

- Calma Eunhyuk, ele vai ficar bem… - Sungmin disse.

- Sim o Donghae hyung é forte. – Ryeowook respondeu sorrindo. – Não te preocupes.

O médico voltou e arregalou os olhos vendo aquela gente toda presente ali.

- Vão me desculpar, mas vão ter esperar na sala de espera, perto da sala dele só pode ficar no mínimo quatro pessoas.

- Eu fico!

- Eu fico com ele. – Leeteuk disse olhando Eunhyuk.

- Impressionante como foi preciso um acidente para voltar a gostar dele. – Siwon atirou.

- Ya. Siwon. – Heechul reprimiu olhando o mais novo.

- Não estou a mentir. – Siwon disse mas foi ignorado por Eunhyuk que só tinha Donghae na mente.

- Vamos embora. – Kangin disse puxando Siwon que parou.

- Eu quero ficar.

- Vamos embora! – Kangin disse puxando o mais novo que foi arrastado.

- Hyung, o Siwon tem razão, não tem? – Eunhyuk proferiu com a cabeça baixa.

- Não ligues Eunhyuk. O que importa agora é o Donghae.

______________________________________

Passados cinco dias, Eunhyuk entrou no quarto de Donghae onde o moreno estava deitado na cama com alguns fios e com faixas na sua cabeça.

- Donghae… - Ele chamou olhando o mais novo. – Os médicos disseram que estás fora de perigo e que poderás acordar ainda hoje, por isso eu vou ficar aqui à espera que tu abras os olhos novamente.

Eunhyuk foi interrompido por uma mulher que surgiu na porta. Ele cumprimentou-a e ela aproximou-se da cama de Donghae e acariciou o rosto dele deixando Eunhyuk confuso.

- Desculpe mas quem é você? – Ele perguntou tentando ser o mais simpático possível, o que era difícil porque a mulher estava agora a beijar o rosto de Donghae.

- Eu não falo muito bem coreano, desculpe mas sou de Taiwan.

- Oh já entendi…é a mulher dele?

- Sim.

- Eu vou deixa-los a sós.

- Obrigado. – A rapariga agradeceu e Eunhyuk ainda conseguiu vê-la beijar os lábios de Donghae.

Eunhyuk abanou a cabeça e sentou-se na cadeira esperando que a mulher saí-se.

- Talvez deva ir embora… - Ele perguntou-se num sussurro.

Dentro do quarto Donghae abriu os olhos ao sentir aquele toque nos seus lábios.

- Humm, onde estou? – Ele olhou em volta encarando a mulher. – Yiuju, que fazes aqui?

- Oh Donghae lembras-te de mim?

- Mesmo que quisesse esquecer tu não deixavas. – Donghae murmurou. – Eu estou no hospital?

- Sim. Tiveste um acidente.

- Um acidente?

- Sim, mas ainda bem que estás bem meu amor. – A mulher tentou beijar novamente os lábios de Donghae mas o mesmo afastou-se.

- Hey! Eu não perdi a memória, que me lembre acabamos, o que estás aqui a fazer?

- Mas Donghae eu fiquei preocupada e-

- Com quê? Com que o meu dinheiro ficasse sem dono?

- Donghae ah não sejas assim, vamos esquecer tudo e começar de novo.

- Novamente? Quantas vezes não comecei de novo Yiuju? Sai daqui antes que chame a segurança. – Donghae ordenou severo.

- Ingrato! – Ela urgiu e abriu a porta saindo do quarto a fumegar de raiva.

Quando Eunhyuk se preparava para ir embora viu a mulher a sair do quarto irritada.

- O que aconteceu? Será que…

O moreno correu para dentro do quarto e encontrou mais novo acordado.

- Donghae! – Ele urgiu olhando-o com a respiração ofegante. Precisava de ouvir a voz dele para perceber que a sua mente não lhe pregava uma partida.

You
Please say something
That your heart is aching with longing too
Like me
Tell me
My heart stops
I can’t breathe


Repentinamente num salto Eunhyuk abraçou-o forte enquanto o mais novo sentiu-se em choque.

Think about me occasionally?
Thinking this, I go crazy
Do you know this heart of mine?
I love you I love you


Donghae olhou-o confuso e apesar de gostar do abraço afastou-o.

- Ah pois…Donghae desculpa…desculpa por ser tão idiota! Por favor perdoa-me. – Ele pediu segurando o rosto do moreno que o olhou ainda mais confuso.

- Ah agora já não sou um filho da mãe? – Ele atirou irónico.

- Don-

- Huh? Não sou insignificante para ti?

- Donghae deixa-me exp-

- Só porque estive á beira da morte? Tinhas medo de sentir remorsos?

- Não Donghae, claro que não…Eu senti mesmo a tua falta…e tu não estiveste á beira da morte. – Eunhyuk disse sorrindo. – Rachas-te a cabeça mas foi algo de pouca gravidade. – Ele fechou o sorriso quando não encontrou nenhuma evidência que o mais novo lhe iria sorrir. – Donghae vamos voltar aquilo que éramos. Não tens saudades?

Donghae ficou em silêncio lembrando-se dos momentos bons que passará com o mais velho.

- De quando me abraçavas até eu sufocar, de quando eu acariciava o teu rosto com os meus lábios. – Donghae arregalou os olhos ao sentir os lábios do amigo na sua bochecha. – E quando encaminhava até aos teus lábios e-
Donghae levantou o rosto e deixou Eunhyuk beijar os seus lábios. - Hum Hae… - Eunhyuk murmurou contra os lábios do outro mostrando o quanto sentia falta dele. Enquanto o beijava procurava a mão do mais novo e quando a encontrou agarrou-a com força.

I promise you
I’ll hold your hand tight
I’m sorry I’m sorry
Come back to me
Press the reset


Eles sentiram alguém a tossir atrás deles e Eunhyuk afastou-se rapidamente do doente.

- Desculpem interromper mas tinha de ver o meu paciente.

- Desculpe doutor. – Eunhyuk pediu envergonhado e o médico sorriu-lhe.

Continua...

Espero que tenham gostado ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: Re: [Eunhae] Press the Reset (Double-shot)   Seg Jul 25, 2011 6:21 pm

aaaaah isto está tão lindo. gosto tanto desta fic *-* Juro que morri quando li a parte do donghae tratar o eunhyuk como um estranho, senti o meu coração partir tal como o eun T-T
Opa 5 anos... Só de imaginar que um dia eles se vão separar mesmo... espero que eunhae nunca se separe. Já me basta ficar sem yunjae T-T
Enfim. Deixemo-nos de choradeiras xD A puta da mulher afinal é uma vaquita hã? isso mesmo, donghae. estás bem é com o eun ~~
Mas opa ele tem razao, o eun tem de sofrer T-T Mas é tao dificil para ele resistir e não ouvir o coração. Aish, tadinhos... E os membros tão fofos, sempre unidos *-*
Isto está tao perfeitoooo! mas eu quero é a continuaçãao ~~
Posta mais rapidoo :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [Eunhae] Press the Reset (Double-shot)   Seg Jul 25, 2011 11:29 pm

Estas coisas de fim dos SuJu é uma pedra no meu coração. Better not to think about it~
Eu não acredito que eles foram capazes de passar 5 anos sem se falar Crying or Very sad
E depois o Donghae foi tão frio para o Hyuk... damn as palavras dele foram mesmo duras. Tadinho do Eunhyukie Sad
E aquele acidente, que horror! Eu estava com medo que o Donghae ficasse em coma ou perdesse a memória, mas felizmente que não aconteceu nada de tão grave assim ~~
O Eun foi todo cute tão preocupado com o fishy ~~
E o Siwon tinha de mandar bocas --'
Pfff o Hae casado a sério só se for com o Eun XD *-* Aquela gaja devia era querer aproveitar-se dele! Eunhyuk não deixes!
Nhaiii, they kissed *-*
Mas o médico teve um timing do cacete! Mesmo no momento cute dos dois --'

Nhai, eu adorei esta parte ~
Continua, jaebal unnie-ah *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
MiyaHaru
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 511
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 27
Localização : Porto. Portugal

MensagemAssunto: Re: [Eunhae] Press the Reset (Double-shot)   Qui Jul 28, 2011 8:25 pm

Lembrem-se de ouvir as músicas Smile

Parte II

Eunhyuk parou o carro em frente à casa de Donghae
.
Saindo do lugar de condutor ajudou o mais novo a sair do carro e a caminhar até à porta. Eunhyuk tirou uma chave do bolso e rodou na fechadura enquanto segurava o mais novo que estranhou a chaves. Desde quando ele tinha chave da sua casa?
- Tu…
- Foi a tua mãe que me deu. – Eunhyuk disse abrindo a porta e fechando-a depois de entrar. – Onde queres ir?

- Eu consigo andar Eunhyuk. – Donghae disse afastando-se do mais velho e caminhando até ao sofá com dificuldade porque apesar do acidente não ter sido grave, Donghae ainda sentia dor no corpo, talvez por estar deitado naquela cama durante 2 semanas.

- Vou fazer algo para comeres. – Eunhyuk disse indo para a cozinha e olhando a comida que lá tinha. – Donghae ah isto está quase tudo fora de prazo! – Eunhyuk urgiu da cozinha.

- Eu não tenho fome. – Donghae respondeu e Eunhyuk espreitou o moreno que o fitou. – Eu comi antes de vir.

- Eu estava lá Donghae, tu não comeste. – Ele disse voltando a sua atenção para arranjar algo para o mais novo. – Vai ter de ser isto. – Ele disse olhando a caixa de Ramen.

Donghae deitou-se no sofá e fechou os olhos relembrando de todos os momentos que passara com aquela pessoa que estava ali dentro a preparar comida para si. Desde de trainners até o momento de discussão e de traição. Nesse momento ele abriu os olhos vendo Eunhyuk olhando-o com um prato de ramen na mão. No rosto, agora mais másculo, Eunhyuk usava aquele sorriso que mostrava as fofas gengivas. Nos últimos cinco anos aquele sorriso aparecia na mente de Donghae quase todos os dias.

Can we really not go back to how we were
To the day when we first bumped into each other
I guess we can’t go back to that day
please, oh please


- Estavas a dorm- - Eunhyuk foi silenciado por os lábios de Donghae nos seus.

Ainda com o prato na mão respondeu ao beijo do moreno que pegou no prato e pousou-o no chão. Eunhyuk pressionou-o com o seu corpo para o voltar a deitar enquanto o beijava cada vez mais apaixonadamente. Afastou-se da boca e encaminhou os beijos para o pescoço. Sentindo os lábios de Eunhyuk no seu pescoço, Donghae recebeu mais imagens antigas da relação dos dois enquanto fitava o tecto.

- Ah eu senti tua falta Donghae… - Eunhyuk murmurou contra o pescoço dele.

Por muito que Donghae tentasse retribuir não conseguiu apenas deixou escapar um murmúrio quando sentiu as mãos do outro tocar no seu peito perto do coração que batia descontroladamente.

- Perdoa-me Lee Donghae. – Ele pediu enquanto abria a camisola do mais novo que gemeu ao sentir agora os lábios no peito. – Perdoa-me por tudo o que te fiz sofrer… - Eunhyuk pediu beijando o rosto do mais novo que assentiu. – Fala por favor, diz o quanto sentiste a minha falta, diz o quanto me amas, diz Donghae.

Donghae engoliu em seco e a expressão de Eunhyuk fechou-se quando não ouviu qualquer palavra do melhor amigo. Eunhyuk mordeu o lábio e afastou-se.

- Já entendi. Não estás preparado para me perdoar? Não há problema. – Eunhyuk levantou-se e dirigiu-se para a porta da rua abrindo-a e passando por ela sem receber nenhum impedimento por parte de Donghae que mais uma vez voltou a fitar a porta. «Porque é que isto me parece tão familiar…?» Ele perguntou-se.

______________________
Eunhyuk chegou a casa e sentou-se no sofá. «Como pude ser tão idiota naquele tempo?» Ele pensou enquanto olhava a última foto de grupo.

If you too are smiling for my sake
If it’s really like that
Come back now

- Já chegaste? – Uma voz feminina o fez saltar no sofá.

- Aigo noona que susto! O que fazes aqui? – Ele estranhou a irmã mais velha estar em sua casa visto que ela já era casada.

- Vim buscar umas coisas minhas, tentei-te avisar mas não atendes-te as chamadas.

- Desculpa. – Ele pediu com uma expressão depressiva.

- Está tudo bem?

- Não noona…eu sinto falta do meu melhor amigo… - Eunhyuk disse enquanto olhava a foto em que ele e Donghae se encontravam afastados um do outro, como meros desconhecidos.

- Oh Hyukjae… - Sora abraçou-o. – Como está ele?

- Bem, mas eu não, eu quero-o de volta mas ele não me aceita noona.

- Dá-lhe espaço Hyukjae, é normal que ele ainda não te aceita, tu só o aceitaste cinco anos depois, ele deve estar muito magoado. – Sora disse enquanto apertava as bochechas de Hyukjae que sorriu.

- Auch noona isso dói!

- Não te quero ver triste Hyukjae.

- Juro que ficarei bem. – Ele disse ouvindo uma buzina do lado de fora da casa.

- Olha é o meu homem! Vê-se se te animas, sim?

- Neh…noona. – Sora sorriu e beijando o rosto dele saiu deixando-o perdido nos seus pensamentos. – Aish Donghae que vou fazer?!

But forgive me

______________________
Durante a madrugada, Eunhyuk rodou na cama sem conseguir adormecer. Ouviu o som do seu telemóvel tocar na mesinha da cabeceira e rapidamente atendeu.

I can’t do it
I can’t forget you
Come back

- Quem é? – Ele perguntou ensonado mas apenas ouviu uma respiração ofegante.

- Hyukjae por favor…vem ter comigo… - A voz pediu num sussurro.

- Hae…onde estás?

- Á porta da tua casa.

- O QUÊ?! – Eunhyuk levantou-se e correu para fora do quarto para abrir a porta da entrada da casa, encontrando o mais novo ofegante. - Donghae! – Eunhyuk urgiu olhando-o completamente encharcado pela chuva que caia sem piedade. - PABO! – Ele acusou puxando-o para dentro. – Tu ainda não estás recuperado! Como vieste aqui ter?!

- De carro.

- Aish Lee Donghae! – O mais velho segurou-o e encaminhou-o até à casa de banho. – Porque fizeste isto?! Queres morrer, é?

- Precisava de te ver… - Donghae disse encostando a cabeça no corpo do mais velho. – Precisava de-

- Donghae entra na banheira e toma um banho quente…Eu vou-te buscar roupas. – Eunhyuk ignorou o mais novo.

Donghae suspirou e tomou um banho quente depois saiu da banheira e secou-se para vestir umas roupas que estavam pousadas sobre a tampa do vaso sanitário. Saiu da casa de banho e dirigiu-se á cozinha onde Eunhyuk colocava uma taça de leite com cereais na mesa.

- O que é isso?

- Comida, aposto que não comeste nada, pois não?

Donghae assentiu e sentou-se na mesa.

- Comer tudo, sim? – Eunhyuk disse.

Enquanto ele comia, Eunhyuk saiu da cozinha e voltou com uma caixa de primeiros socorros.

- O que vais fazer com isso? – Donghae perguntou enquanto comia.

- Colocar um penso na tua testa, com a água da chuva o outro saiu e o médico disse que durante uns tempos terias de fazer o curativo para prevenir uma infecção. – Ele explicou colocando o penso na testa ouvindo uma reclamação de Donghae.

- Isso dói! – Ele reclamou de maneira fofa que divertiu Eunhyuk.

Depois de Donghae terminar o prato de cereais Eunhyuk retirou o prato e começou a lava-lo. Donghae sentado na mesa observava Eunhyuk atentamente. Depois do observar atentamente, Donghae percebeu que nunca seria capaz de uma magoar como havia feito. Sim o Eunhyuk magoou-o mas Donghae não foi propriamente um santo.

Enquanto Eunhyuk lavava a louça sentiu umas mãos circular a sua cintura.

- Eunhyuk. – Donghae murmurou abraçando-o pelas costas. – Desculpa.

Press press the reset
I’m looking at you
Only you
Press the reset

- Donghae... - Eunhyuk pousou as mãos molhadas no balcão da cozinha.

- Eu tive a pensar e se eu não te perdoar eu estou a ser idiota e a magoar-me a mim mesmo…apesar de me teres feito sofrer eu não fui nenhum santo.

- Oh Hae… - Eunhyuk virou-se no abraço e retribuiu beijando a sua bochecha. – Desculpa. Vamos começar de novo?

O mais novo assentiu agora com um sorriso.

- Senti falta desse sorriso. – Eunhyuk murmurou capturando os lábios do mais novo e começando a fazer aquilo que havia deixado por fazer naquela manhã.

- Ah… - Donghae gemeu quando as suas costas doridas embateram na beira da mesa. – Hyukjae calma…

- Mianhae. – Eunhyuk pediu virando-o de costas para si e massajando o fundo das costas onde o havia magoado. – É aqui?

- Sim…dói…ah q-que estás a fazer? – O moreno perguntou sentido os lábios na zona.

- A dar-te carinho. – As suas mãos subiram pelas costas do outro acariciando-as com as pontas dos seus dedos. – A tua pele não mudou… - Eunhyuk disse subindo novamente e beijando o pescoço carinhosamente. – Eu senti tanto a tua falta …senti falta de tudo em ti, a tua pele, o teu odor, da tua voz…fala para mim…

Press press the reset
You, I can’t forget you
Press the reset



- Hyukie…

- Ah Hae Sarangheyo… - Ele colou o seu corpo no mais novo roçando-se nele que arfou colocando as mãos na mesa para suporte. – Vamos para o quarto… - Ele puxou-o pela mão e abriu a porta do seu quarto onde Donghae foi novamente abraçado por trás.

As mãos de Eunhyuk subiram por baixo da camisola até ao mamilo e acariciou-o ouvindo suspiro de Donghae que deixou a cabeça cair para o lado para lhe mostrar o pescoço. Eunhyuk não esperou nem um segundo para voltar a depositar um beijo naquele pescoço. A camisola branca foi retirada e as mãos escorregaram por dentro dos calções verdes para sentirem a semi erecção.

- Ah Eunhyuk…

- Isso. Deixa-me ouvir a tua voz.

- Ah! – Donghae gemeu mais alto quando a mão na sua erecção aumentou a velocidade.

Os calções caíram ao fundo dos pés seguido pelos boxers deixando Donghae nu que não conseguiu controlar a sua voz.

- Ah Hyukie! Eu vou- ah! – E com isso Donghae desfez-se na mão de Eunhyuk tremendo enquanto o ultimo segurava o seu corpo. – mhhhuaa! – Donghae espetou as unhas nos braços fortes de Eunhyuk que encaminhou-o até à cama e deitou-o.

- O teu gosto… - Eunhyuk murmurou saboreando a sua mão.

- Yack Hyukjae! – Donghae urgiu batendo na mão de Hyukjae que abriu um sorriso e beijou os lábios.

- Ela trata assim? – O mais velho perguntou passando o nariz na bochecha do outro.

- O quê?

- A tua mulher, eu vi-a no hospital. – Ele afastou-se para o encarar enquanto se sentava entre as suas pernas.

- Não é minha mulher Hyukie, eu acabei com ela á mais de um ano.

- Então-

- Não tenho ninguém… - Donghae respondeu acariciando o cabelo castanho do amigo que abriu um sorriso e enviando-lhe um olhar dócil e acolhedor.

Press press the reset
How am I to let go of the person who’s standing in front of me~
Press the reset


- Ainda bem… – Ele baixou-se sobre o corpo de Donghae e depositou mais beijos mas parou quando sentiu a mão de Donghae no seu cabelo a puxa-lo para cima.

- Porque sou o único nu aqui?

- Estás com vergonha? – Eunhyuk provocou tentando capturar o lóbulo de Donghae pois sabia que esse era o seu ponto fraco.

- Não Eunhyuk… - Ele implorou escondendo a orelha.

- Pensavas que me tinha esquecido do teu ponto fraco? – Eunhyuk atirou levantando-se.

Eunhyuk começou-se a despedir sobre o olhar atento de Donghae que se deliciou observando o corpo definido do amigo.

- Mudei muito? – Eunhyuk voltou a deitar-se sobre o mesmo.

- Veremos. – Donghae sorriu tocando no membro quase erecto do mais velho.

- Mmhh Donghae! – Eunhyuk afundou o seu rosto no pescoço. – O teu toque…Aish…

- Não, continuas o mesmo. Continuas a desejar o meu toque…ah! – Donghae urgiu quando sentiu algo passar na sua entrada.

- T-tu também não mudaste…Humm babe… pára ou eu vou…pára. – Eunhyuk com uma mão segurou a mão do amigo enquanto a outra acariciava as zonas baixas de Donghae.

O rosto de Donghae mostrou desconforto quando Eunhyuk ultrapassou o seu anel de músculos com um dedo. Eunhyuk olhou-o intensamente para captar cada expressão de prazer e dor que o mais novo lhe enviava. Ele tinha sentido falta daquela voz, daquele tom e daquele sentimento que sentia cada vez que se encontravam naquela situação.

- Aigo fish como pôde estar tão longe de ti… - o pulgar de Eunhyuk passou nos lábios do outro enquanto ele juntava mais um dedo.

- Ah Hyukjae! D- - Donghae foi cortado pelo beijo que recebeu. – Mmmhh… - Ele urgiu no beijo enquanto apertava os lençóis brancos.

O beijo foi doce na tentativa de acalmar o mais novo que se mexia com o desconforto. As lágrimas que caiam do seu rosto eram capturadas pelo pulgar do outro que o baixou e brincou com um dos mamilos erectos.

- Aí hyukie… - Donghae repentinamente suspirou e Eunhyuk aproveitou para juntar mais um dedo aos dois que davam prazer ao fish. – Ahh! – Donghae segurou o braço do outro.

- Vejo que não fazes á muito tempo. Isso deixa-me satisfeito. – Eunhyuk disse sorrindo enquanto voltava a beijar o corpo todo do rapaz em dor.

Depois de a sua voz e do seu rosto exprimirem prazer o mais velho retirou os dedos e posicionou-se.

- G-gentil… - Donghae pediu e o parceiro riu forçando-se nele. – Humm…ahhh…

Lentamente o interior de Donghae deu passagem a Eunhyuk que entrou dentro do mesmo até à base. Quando entrou completamente os dois gemeram em uníssono. Eunhyuk sabendo que o seu fish ainda estava magoado do acidente movimentou-se lentamente dentro dele.

- O teu interior, o teu calor…ah Donghae tão bom… - Eunhyuk sussurrou no ouvido do parceiro que colocou as mãos na de cada lado do corpo de Eunhyuk enquanto apertava para resistir á dor e aos calafrios que sentia causados pela lingua de Eunhyuk na sua orelha.

- huumm…ah…

Aos poucos as estucadas aumentaram mas diminuíram quando Eunhyuk percebeu que magoava o mais novo. Assim, rodou na cama e deixou Donghae sobre si que se virou de costas para o mais velho enquanto controlava descendo e subindo lentamente no membro molhado.

- Ah! Hyukie! – Donghae finalmente urgiu subindo e descendo mais rápido sentindo prazer enquanto sentia as mãos do outro passearem pelas suas costas como incentivo.

- Vem. – Ele puxou o corpo de Donghae contra o seu enquanto agora movia-se dentro do outro sem piedade.

- Ahhh…

As mãos de Eunhyuk desceram pelo peito do mais novo até ao membro esquecido. Donghae arregalou os olhos quando sentiu o seu membro ser apertado. Em puro prazer o mais novo levantou as suas costas inconscientemente. Porém sentiu dor.

- H-Hyukjae! Espera! V-vamos mudar! As minhas co-costas! – Ele urgiu em dor quando as suas costas formaram um anglo doloroso

Eunhyuk parou repentinamente os movimentos e a mão. Virou o mais novo e depois de o deitar confortavelmente de costas na cama posicionou-se novamente sobre ele. Voltou a entrar dentro dele e movimentou-se em circulo.

- Hae…

- S-sim! Mmhhhtt… - Donghae molhou os lábios sentindo agora as ancas de do outro rodar em círculo e percorrer todos os sítios do seu interior. – Oh Hyukie…mhhh… - Donghae fez o mesmo rodando a sua anca em círculo enquanto os seus olhos rolavam para trás em sinal de prazer intenso.

- Donghae… - Eunhyuk sussurrou ao ouvido do mais novo que se sentiu um calafrio ouvindo os suspiros e sussurros tão próximos do seu ponto fraco. – Tu és um vicio para mim…eu…mhhh…eu n-não me quero..ah…separar de t-ti… - Ele disse mordendo a orelha do outro e aumentando a velocidade.

- Eunhyuk! Ah! Quase…. – Donghae colocou os braços em volta do seu pescoço enquanto o sentia a estucar no ponto certo.

- Mhhh…Se-senti falta dessa expressão hae! Senti falta da tua expressão quando n-não aguentas mais…mhh! – Eunhyuk sentiu o apertar de Donghae e a sua mão seguiu para o membro do fish que arregalou os olhos quando mão se moveu em sintonia com as estocadas.

Era aquele o momento que Donghae mais gostava numa relação, o momento de tensão em que ele sente a adrenalina de alcançar o seu ápice. A sua voz aumenta, o seu corpo transpira, move-se descontroladamente, fica tenso, e o seu membro torna-se vermelho pelo sofrimento. Mas por um lado cada vez que este momento chegava significava o fim e por mais que ele tentasse aguentar não conseguia e acabava por se desfazer. Donghae olhou o rosto de Eunhyuk que mostrava frustração enquanto ele entrava e saía de dentro de si como se não houvesse amanhã.

- AHH!! – Ele urgiu colando a sua mão sobre a de Eunhyuk para ajuda-lo nos movimentos enquanto finalmente se desfazia e apertava ainda mais o membro de Eunhyuk que se sentia em tensão como o rapaz abaixo de si.

O momento em que Donghae se desfez foi um momento captado por Eunhyuk que não desviou o olhar do rosto de Donghae. Naquele momento, Eunhyuk estucou e baixou-se sobre ele que o recebeu com um beijo enquanto acariciava o rosto e depois o cabelo do mais velho. Após duas ou três estocadas fortes o moreno desfez-se dentro dele que ainda soltou um murmúrio ao sentir o liquido quente o invadir. Depois de se acalmar, Eunhyuk saiu dentro dele com um gemido recebendo outro do mais novo que se sentiu vazio mas satisfeito.

Os dois abraçaram-se.

- Donghae…eu amo-te, eu não quero me afastar de ti nunca mais… - Ele murmurou contra o pescoço de Donghae que sorriu enquanto acariciava as costas suadas.

- Eu também Eunhyuk…Eu sei que fiz mal, eu sei que tive culpa, eu não sei porque não percebi naquele tempo o quanto eras importante para mim.

- Digo o mesmo… - Eunhyuk afastou-se e deitou-se ao lado dele para o encarar enquanto acariciava o cabelo curto. – Fui um idiota, devia te ter perdoado. Com isto não tive nos piores e melhores momentos da tua vida…

- Estiveste sim. Na minha mente estiveste sempre lá, por isso não te preocupes. – Donghae sorriu e recebeu um beijo na bochecha. – Isto significa que começamos de novo?

- Sim carregamos no reset.

- Press the reset, press the reset~~ - Donghae cantou e Eunhyuk riu puxando-o para o seu peito enquanto puxavam os lençóis para cima para cobrir a nudez.

- Aigo que eu senti falta deste aegyo…Sarangheyo cute.

- Sarangheyo Hyukjae. – Donghae sorriu abraçando o mais velho.

______________________
No dia seguinte Eunhyuk abriu os olhos e encontrou-se sozinho na cama.

- Um sonho? – Ele pensou esfregando os olhos. – Um sonho… - Ele repetiu enquanto se sentava na cama e passava a mão no cabelo. – Tão real… - Ele murmurou deixando uma lágrima cair. – Ele nunca me irá perdoar, nunca…

- Eunhyuk? Já acordaste? – A voz entoou no quarto e a cama desceu enquanto alguém subia nela.

- Donghae… - Ele sorriu com os olhos molhados sem olhar a pessoa.

- Estás a chorar? O que se passa Hyukie? – Donghae perguntou preocupado enquanto acariciava o cabelo dele.

- Nada…Só estou contente por estamos juntos novamente…Só isso… - Ele disse calmamente enquanto encarava agora o mais novo que abriu um sorriso fofo.

- Hey não é preciso chorares. – Donghae acariciou o cabelo do outro. - Eu sei que sou importante e que não podes viver sem mim m…O quê? Estou a mentir? – Donghae perguntou depois de Eunhyuk lhe enviar um olhar confuso.

- Convencido. – Ele sorriu puxando para perto de si.

- Realista. Ah tomei banho e vesti umas roupas tuas espero que não te importes. – Ele disse enquanto se sentava nas pernas no mais velho.

- Claro que não babe.

- Humm talvez devesses te vestir também? – Donghae sugeriu coçando a cabeça.

- Porquê? Não gostas da vista?

- Não é isso é qu—

- Só por causa disso vou andar nu o dia todo. – Ele disse levantando-se da cama e abrindo a porta do quarto.

- Eunhyuk não!! – Donghae urgiu.

- MÃE?! – Eunhyuk urgiu olhando a sua mãe que não se importou de tapar os olhos. – AH! – Eunhyuk fechou a porta em pânico enquanto Donghae riu.

- Eu avisei. – O moreno ainda sentado na cama comentou enquanto o mais velho vestia pelo menos uns boxers.

- O que é que ela está a fazer aqui?

- A omoni disse que vinha fazer uma limpeza porque a tua noona disse-lhe que a tua casa cheirava mal.

- Oh não cheira nada!

- Por a caso… - Donghae começou e Eunhyuk que vestia agora uns calções parou e olhou-o.

- Sim Lee Donghae? – Ele fuzilou-o com os olhos.

- Cheira bem como os teus pés. – O mais novo disse com um rosto inocente.

- Ah ainda be-YA!! – Eunhyuk apercebeu-se da indirecta e lançou-se sobre ele.

- OMONI! Salva-me!! – Donghae urgiu do quarto enquanto Eunhyuk lhe fazia cócegas.

- Lee Hyukjae deixa o meu menino em paz!! – A mãe de Hyukjae bateu na porta violentamente.

- Ah arranjas-te um guarda-costas? – Eunhyuk perguntou e Donghae assentiu. – Não te adianta de muito porque a porta está fechada muuuuahhhhhaaa.

- OMONI!! – Donghae urgiu enquanto tentava escapar das mãos de Eunhyuk que lhe provocava cócegas.

Eunhyuk observava o rosto alegre de Donghae com um sentimento quente dentro de si. Finalmente eles estavam novamente juntos, e Eunhyuk sabia que nada iria acabar com isso.

Fim

E prontos acabei a minha sequência de Eunhae! Espero que tenham gostado!

E um pequeno presente! Sabiam que o ponto fraco do Donghae é mesmo a orelha!
Sabem que me disse foi o Eunhyuk:
(Vejam a partir do ponto 0:53)



Lol ele ia morder-lhe a orelha XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [Eunhae] Press the Reset (Double-shot)   Sex Jul 29, 2011 10:31 pm

Nhaiiii o Eunhyuk fica tão fofo todo super preocupado com o Hae *-* How sweet ~~
É tão bom vê-los a entenderem-se finalmente *-*
Lee Donghae, doente e a sair à chuva assim? u.ú Mas foi por uma boa causa ~
E com isso ele teve de tomar banho na casa do Eun e ele preparou-lhe comida e tratou de fazer-lhe um curativo. Foi tão cute, eu gosto tanto de ver o Eunhyuk assim tão dedicado ao Hae *-*
E o aegyo do Donghae :3
Wahh ~ e os meninos finalmente fizeram as pazes... e logo da melhor maneira Cool OMG EunHae é sempre uma cena tão hot *abana*
E o ponto fraco do Hae é a orelha hum ~~ interessante XD o Eun aproveitou-se logo! Fez ele bem Twisted Evil
E eu ri tanto com a cena de manhã quando o Eun saiu ao natural e deu de caras com a mãe XD Épico Razz
Eu acho tão fofo a mãe do Eun tratar o Hae como filho também (e o melhor é que eles fazem mesmo isso na realidade *-*) E depois a pedir ajuda XD Lindo, eu gostava de ver essa cena na realidade *wish*

Nhai, esta fic ficou tão fofa! Eu amei unnie *-*
Tens de continuar a escrever EunHae, que eu amo isto ~~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: Re: [Eunhae] Press the Reset (Double-shot)   Seg Ago 01, 2011 2:55 am

aaaaai.... *__________*
tu já sabes que eu amo esta fic!
pensar que tudo começou com a cena do aniversário!!! omo tenho que ir ler estas shots todas again *_*
Eles são tão perfeitos. A cena deles no sofá foi tão hot *-*
E a sora, ainda à pouco tempo li uma one shot pouco ortodoxa com eles e aparecia a sora no final ahah Razz
Opa, a cena do donghae aparecer e casa do eun todo carente foi tipooo alksjfdioahioaqwdk nem sei que dizer. sexy sexy lovely lovely *_*
E a seguir... OMO *abana-se* demasiado adoravel e hot! O donghae todo virgemzinho outra vez, ahah adorei Razz
ele "yack hyukjae!" morri, que fofooo *-* A puta da mulher dele tinha nojo dele ou assim -.-
opaaa, o final foi lindo. rii tantoooo. juro que da primeira vez ri e chorei, super contente por eles estarem felizes de novo <3 mas desta vez, só ri. mete mesmo piada que a mãe do eun veja o donghae como filho *lembra-se do donghae a mostrar a foto da mae do eun que tras na carteira todo ciganão e o eun bue "guarda isso!"* xD
O donghae está sempre a tentar mostrar que eles são um casal, o eun é que é um cigano que não quer admitir!
Adorei a cena da orelha, ele é mesmo sensivel *_* é tipo eu com o pescoço x'D encontrei a minha alma gemea *_* x'D
mas é normal, ele tem bué cocegas, tinha de ser extra sensivel num sitio assim Razz aposto que se alguem com quem ele estiver enrolado *cof*eun*cof* lhe tentar dar carinho naquela zona com a melhor das intenções leva logo um chapo! ahahahah xD
e nao conhecia aquele programa! como se chama? quero ver aquilo Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [Eunhae] Press the Reset (Double-shot)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Eunhae] Press the Reset (Double-shot)
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Demonstração Double Bass
» Double Thumb e o problema do dedão
» Quem puder ver e gosta do Double Bass (Baixo Acústico) - Um arranjo com solo de baixo acustico
» Body Language {18} one-shot
» AA ( double A)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FanFictions Wonderland :: FanFictions :: Kpop :: FanFictions Acabadas-
Ir para: