FanFictions Wonderland

Gostas de escrever e/ou ler FanFics? Então junta-te a nós e entra neste mundo de Kpop, Jmusic e fantasia ^-^
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [DBSK] I'm not gay! (one-shot)

Ir em baixo 
AutorMensagem
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: [DBSK] I'm not gay! (one-shot)   Qua Jul 07, 2010 12:27 am




Título: I'm not gay
Pairing: Yunjae (Yunho/jaejoong)
Classificação: + 15
Género: slash/comédia
Autora: Dimanche/Kim
Considerações: A história em questão não é real. Apenas uma ficção. Todas as parecenças com situações reais são pura coincidência.

Nota: Eu tinha esta one-shot no meu blog pessoal de fics por isso decidi colocar aqui mas deixo o link do blog se quiserem dar uma espreitadela. As falas sao em ingles porque imaginei-as em ingles e nao dava em português xD


I'm not gay! - yunjae fan one-shot (comédia)



- What the hell is wrong with you?!
A voz de Changmin vinda do nada quase me fez saltar. Que raio! Mas este miúdo andava a snifar rebuçados de mentol ou não batia bem da bola de todo?

- Jesus! What is it?!

- Ow. Nothing. – disse com a voz carregada de ironia. Carreguei o sobrolho olhando-o. Max suspirou. - Don’t you see what you’re doing idiot?
- Hei. Watch your mouth little boy. You’re the idiot in here. – avisei rapidamente batendo-lhe com o punho no braço. Ele levou a mão ao braço, esfregando-o. Fitou-me de alto. O facto de estar em pé e de eu estar sentado em cima da arca da sala de estar, ajudava.

- Yeah, yeah… Not me that’s looking that way to Yunho! – atirou acusadoramente. Arregalei os olhos em espanto. O quê? Senti a raiva afluir à cabeça. Ficava sempre sensível com o assunto Yunho.

Porque seria?

Talvez porque o anormal me enervava de uma forma extrema.

Ele era-me indiferente ok?!

Ele era-me muito indiferente.

Era meu amigo.

Nosso líder.

Nada mais.

Changmin adorava inventar histórias.

Parecia pior que as fãs. Sempre a inventar coisas entre nós… Sempre a ver o que não existia. Sim, porque não existia! Não existia nada entre nós.

Yunho não me fazia sentir estranho. Nem especial. Nem me fazia sentir bem, com o coração a acelerar… A respiração a aumentar sempre que ele me toca… O seu sorriso e o brilho do seu olhar a atrair-me mais que tudo… O seu corpo a atrair-me de uma forma que eu não compreendo… Os seus olhares estranhos a espelharem os meus…

Não!

Eu não sou gay! Não posso sentir estas coisas por um RAPAZ. Quer dizer, não faz sentido nenhum. Eu sempre gostei de raparigas. De me fazer a elas… De me sentir atraído por elas. Os rapazes não me dizem nada, nem os menos… Masculinos?

Não. Nem isso. E Yunho não tem nada de Fêmea. Nada mesmo.

Tem aquele ar macho… Com um corpo elegante, de modelo, cintado, magro, musculado no ponto certo…

- I’m not looking Yunho any way! – gritei irritado.
Depois arrependi-me. Yunho virou a cara para nós, com um ar confuso e arqueou uma sobrancelha.

- What are you two talking about me?
- Nothing! – disse rapidamente. Changmin soltou uma risada disfarçada.

- Sure, of course...

- Hei shut up asshole! – disse dando-lhe um pontapé. Ele deu-me um cachaço com força. Era quase viciante andar à porrada com este idiota. Levantei-me e engalfinhei-me com ele aos murros e pontapés. Claro que quem ia à guerra dava e levava como tal os ataques vinham dos dois. E Changmin tinha cada vez mais força o que era enervante. Já não era um miudinho como anos antes.

Estava a conseguir distrair-me até Junsu decidir agarrar em Changmin com algumas gargalhadas. Claro que as nossas lutas eram sempre descontraídas, sem más energias. Lutávamos porque era divertido. Já fazia parte do nosso dia-a-dia.

E tudo seria normal se Yunho não me tivesse também agarrado. Senti as suas mãos agarrarem-me os braços e puxarem-mos para trás para depois o seu corpo se colar ao meu. Mas qu’ésta mer…?!

- Hei! – gritei largando-me dele, mas ele deve ter pensado que queria voltar a atacar Changmin pois puxou-me de novo para si. Agarrou-me nos ombros rindo-se para Yoochun que estava todo divertido a assistir a cena sentado.

- I was liking to watch it. – choramingou entre um riso pacifico.
- Come on boys, take it easy. – disse Yunho. A sua voz suave junto ao meu ouvido.

- Are you liking to hug me like this? – disse-lhe com um tom perverso. – Let me go! – gritei irritado. Sentia a raiva pulsar nas minhas veias como sempre que algo a ver com Yunho mexia comigo.

- Actually, Yeah I like it. – disse-me ao ouvido com aquela voz que me fazia derreter. NÃO, NÃO FAZIA DERRETER!

E que raio?! Odiava quando ele se fazia a mim! Mesmo que fosse no gozo, não suportava!

E não, não é por querer que fosse verdade, parem de pensar isso!

NÃO, NÃO SOU EU QUE ESTOU A PENSAR NISSO!

Suspirei sonoramente.
- Well but I don’t like it okay? So let go of me!
- Owh… Too bad! – gozou com um falso ar de beicinho. Junsu soltou uma gargalhada. Changmin olhava-nos atentamente. Ai que nervos, já estava a imaginar parvoíces!

Senti a raiva afluir mais uma vez à cabeça e libertei-me dele com força necessária para dar a entender que não estava a brincar.

- I said “let go”. Just respect it a little.
Mantive-me sério, olhando-o irritado. O ambiente descontraído de risos tinha desaparecido. Todos me olharam. Até parecia que tinha morto alguém!

- I’m sorry, just kidding.- disse com um ar meio confuso, meio aflito. Não conseguia perceber se ele estava a falar a sério, tal como não conseguira perceber quando ele me agarrava.

Bufei. Odiava fazer figura de parvo e ainda passar pelo mau da fita. Saí da sala para o meu quarto sem dizer nada. Não estava com paciência, eles que se divertissem porque eu não seria uma boa companhia. Não, enquanto Yunho permanecesse ali a irritar-me.

Estendi-me na cama enfiando a cabeça na almofada.

Porque é que ele me afectava tanto?

Não conseguia compreender o porquê de ele ser diferente. E porque é que ele também reagia de formas diferentes a mim se éramos apenas amigos?

Era tão estranho. Não queria isto. Sentia-me cada vez mais próximo dele. E mais afastado ao mesmo tempo visto não querer aceitar o que se estava a passar.

MAS NÃO SE ESTÁ A PASSAR NADA JAE! JÁ ESTÁS A FAZER FILMES PIORES QUE O CHANGMIN!

- Hei. Can I…? – disse uma voz vinda da porta. Dei um salto na cama e levantei-me rapidamente fitando Yunho. Que cara#…!
- Kenai (can I) and Koda! What the hell are you doing here? – perguntei na defensiva. O que é que ele estava aqui a fazer?

Yunho fechou a porta e encostou-se a ela.

- I want to apologize for what happened out there.
- Owh okay…
- I’m sorry but I just couldn’t resist…
- Hmm.
- I tried to keep away. I know you don’t like it. But you’re so attractive to me…
- Hmm yeah I… WHAT?! – Arregalei os olhos. Senti a minha boca abrir-se em espanto e afastei-me de Yun sem me aperceber. Não, isto não me podia estar a acontecer. Este gajo não tinha acabado de dizer que eu o atraia pois não? Oh come on! Nós éramos homens! HOMENS!

Senti a raiva fluir mais uma vez. Era demasiado sensível a isto. Apetecia-me chorar. Eu não podia ser gay! Ele também não! Porque é que ele se estava a confessar a mim??

- Oh come on, jae. Like you don’t know it. We both know what is happening between us.
- THERE’S NOTHING HAPPENING BETWEEN…!

Yun avançou para mim aflito e tapou-me a boca com a mão. What the fuck?!
- Hei! Are you kidding? Stop being hysteric, you want rest of guys to know it? – disse baixo.
- HM HM HM!!

- Sorry! – disse baixo tirando-me a mão da boca que me impedia de falar. Fitei-o furioso.

- okay! I’m sorry. I’ll not scream. – disse também baixo. Ele sorriu. Eu não.

- So... You don’t feel anything for me? – perdeu o sorriso.

- Feel what?! – gritei em surdina.
- I don’t attract you? You don’t feel strange around me?
Senti o coração acelerar. Claro que sentia! Mas isso não queria dizer nada pois não?! NÃO ERA NADA. NADA! Yun sorriu. Daria demasiado nas vistas ao ficar sempre irritado nos assuntos sensíveis sobre nós?

- Stop being idiot, we are men and…!
Mais uma vez não consegui falar porque yun me impediu tapando-me a boca. Mas desta vez não fora coma mão. Fora com os lábios! OH MY FUCKING GOD YUN SAI DA MINHA BOCA!

Mas eu não queria que ele saísse! Era tão incrível. Sentir os seus lábios nos meus.

Beijei-o com desejo puxando-o para mim. Ele era tão perfeito e neste momento era meu. Sentia-me delirante. Só queria mais dele.

Yun puxou-me para si beijando-me igualmente. Senti-me ser levado para a cama e fui empurrado para esta. TAMBÉM JÁ ESTÁS A ABUSAR!

Yun veio para si de mim e voltei a sentir os seus lábios nos meus. Rodeei o seu pescoço com os braços puxando-o para mim. Cada beijo era mais elaborado, mas picante, mais saboroso. Yun era um pecado que eu estava a gostar de experimentar.

MAS NÃO PASSA DE UMA EXPERIÊNCIA.

EU NÃO SOU GAY!

E não gosto do Yunho!

---/---


Changmin entrou de novo na sala com um ar de “eu sabia”.

- So, what’s happening? – perguntou Junsu curioso desviando o olhar do jogo de cartas com Micky.

- They’re flirting… I knew it! – disse encolhendo os ombros. Micky fez uma careta e soltou uma gargalhada.

- Eeeewww! They’re crazy! – disse divertido. Junsu deixou de se rir e fitou-o.

- “Ew” Why? – indagou chateado. Também havia coisa entre estes?

Changmin suspirou em desespero.

- I need to get out of this house!



The end


blog

eu já li o teu comentario no blog mintae, brigada por comentares xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [DBSK] I'm not gay! (one-shot)   Qua Jul 07, 2010 9:27 am

Hai, eu encontrei o teu blog e li ontem ^^
Bem, como eu já disse, gostei muito!
O Jae todo paranóico e em negação do evidente ficou engraçado Razz
E o Yunho é um fofo *-*
E eles ficam tão fofos juntos...
E I love YunJae <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
LaLa
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: [DBSK] I'm not gay! (one-shot)   Qua Jul 07, 2010 5:43 pm

opa o que eu me ri com a parte do snifar rebuçados de metol xD
nada como um daqueles beijos para amançar a fera Cool

Gostei ^^ escreve mais Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: Re: [DBSK] I'm not gay! (one-shot)   Qua Jul 07, 2010 5:46 pm

brigada ^^
ainda bem que gostaste
a frase dos rebuçados de mental é uma cena que inventei ainda pequenita e ficou (volta e meia sai) xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
PonHyunMin
Administradora
avatar

Mensagens : 954
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 24
Localização : Paradise ^-^

MensagemAssunto: Re: [DBSK] I'm not gay! (one-shot)   Sab Jul 10, 2010 12:58 am

Eu adoro este casal *-*
Ainda por cima devem ser dos casais de kpop mais HOT porque, beem, são o Yunho e o Jae ne *desmaia*
Achei piada ao Jae todo stressado xD Ele ferve em pouca água xD
E o Max sempre a cuscar tudo e a "inventar" coisas, mesmo à maknae xD
Gostei! Fico à espera de mais fics tuas ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fanfic-wonderland.ativoforum.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [DBSK] I'm not gay! (one-shot)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[DBSK] I'm not gay! (one-shot)
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Body Language {18} one-shot
» DBSK (Dong Bang Shin Ki)
» Diário de um MACHO! (Comédia One-Shot) POSTADA!
» Dong Bang Shin Ki (DBSK)
» Doce Ódio [One-Shot]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FanFictions Wonderland :: FanFictions :: Kpop :: FanFictions Acabadas-
Ir para: