FanFictions Wonderland

Gostas de escrever e/ou ler FanFics? Então junta-te a nós e entra neste mundo de Kpop, Jmusic e fantasia ^-^
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [SUJU] MY LITTLE OBCESSION

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Sex Set 03, 2010 2:38 pm

Nhawww tadinho do Hyukie *conforta*
Ele tem de resolver a situação do Hae... não gosto de o ver assim tristinho e desanimado...
Fogo, esta gente não tem mesmo esperança no Kyuhyun... O Dong Dong já o andou a picar contra o maknae... aish! Eu sei que ele está certo... but I want KyuMin *rouba e foge*

Adorei o gesto fofo do Kyu ser carinhoso a puxar o Min para mais perto do corpo dele *-*
Eu amo cuteness entre aqueles dois ~~ ♥

Citação :
Já não conseguia ama-lo depois de tudo. Eram os braços de outra pessoa que ele queria sentir no seu corpo.

Eu não consigo evitar. This thing is breaking my heart...
Será que o Sungmin algum dia conseguirá recuperar o amor pelo Kyuhyun? *hopes*

Quero mais, please *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
PonHyunMin
Administradora
avatar

Mensagens : 954
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 24
Localização : Paradise ^-^

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Seg Set 06, 2010 5:03 pm

OMO KIM! ESTOU A ADORAR TANTO ISTO!! *O*
A sério...a história em si está de mais *-*
O Kyu finalmente percebeu que tem de se curar...só espero que ele consiga ficar bem...também tenho saudades do Kyuhyun doce e fofinho de sempre *-*
E eu tenho tanta pena do Min...cada vez que ele chora, também me apetece chorar... *lamexas*
Ele sofre tanto, tadinho...não merece mesmo...
E agora o Hee também anda a sofrer muito...
Aish! Isto deixa uma pessoa deprimida! Eu não quero que nenhum dos oppas sofra D:

MiyaHaru escreveu:
EUNHAE!!!!EUNHAE!!!!EUNHAE!! *Salta com os braços no ar*
oh mas mesmo assim tive pena do monkey!
Ah fishy o monkey é muito melhor que a miuda!! POR AMOR DE DEUS! Toda gente sabe isso!

Totally!! Eu quero EunHae na fic também *----*

Tadinho do Eun...ninguém o compreende...o DongHae tem de lhe de dar atenção...ele que deixe as miúdas e dê atenção ao seu monkey xD

Eu agora estou naquela de não saber se quero o Min com o Kyu ou o Min com o Hee...aish! Eu sei que o Min ficava mais feliz com o Heechul...mas...KyuMin is love *-*
Ok, tenho de pensar no melhor para o Sungmin! Ainda por cima ele anda tão confuso...tadinho...
Só espero que ele consiga ser feliz no fim disto tudo...ele não merece nada disto...

E com isto tudo escrevi um testamento xD Sorry ^^''

Estou a adorar tanto isto Kim *-*
Continua, please *-*


_________________

Out of all these people, I chose you.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fanfic-wonderland.ativoforum.com
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Ter Set 28, 2010 2:44 pm

heeei pessoal! Peço imensas desculpas pela demora mas tenho estado sem net em casa e só consigo vir aqui espreitar muito de repente no telemovel ou assim e também estava com o episódio inacabado mas já escrevi o suficiente para postar mais qualquer coisita ^^
Desculpem, a serio, vou tentar não repetir a proeza xD
Muito obrigada também por todos os comentarios bestiais. Vocês são as melhores leitoras do mundo. Obrigada pela força *-*
Se houver erros neste capitulo peço desculpa mas não foi revido como deve ser que estou com o tempo todo contado com as cenas da escola e então agora com a cena das listas para a associação de estudantes e a dança está lixado... E se entrar para o teatro vou morrer mesmo -.- Logo se vê. Vou tentar não deixar a escrita para segundo plano!
Enfim. Aqui vai um grandito para compensar ^^ espero que gostem.
PS - só vão perceber a conversas do grupo na discoteca se virem o filme dos super junior - atack on the pin-up boys xD

MLO - parte 11

A noite estava a começar quando a banda se encontrou toda para ir jantar.
A ideia era ir jantar ao restaurante de um amigo numa zona reservada, longe de olhares curiosos, para descontraírem e apreciarem um bom serão “em família”. Depois provavelmente iriam deslocar-se até uma das muitas discotecas de Seoul com objectivo de aproveitarem um pouco da juventude de uma forma mais comum.
A principal razão porque tal reunião acontecia baseava-se no facto de Hangeng estar na Coreia do Sul em visita e de Kangin estar em saída de fim-de-semana. Tinham de aproveitar a visita dos amigos e festejar. Unirem-se como uma família, tal como nos velhos tempos.
Ser Super Junior de novo.
Até ZhouMi se encontraria com eles no final do jantar.
Faltava apenas Henry que estava para os Estados Unidos a visitar a família.
Kangin abraçou o amigo Hangeng que estava sentado ao seu lado, pelos ombros.
- Vá pessoal, um brinde ao nosso amigo e ao seu esperado sucesso aqui na Coreia! – gritou animado para o resto dos colegas que chocaram os copos de vidro no centro da mesa.
O pequeno riu-se timidamente.
- Vá lá, rapazes. Parem de fazer de mim o centro das atenções.
Kangin esfregou-lhe a cabeça, despenteando-o.
- Tarde demais.
Zhou entrou na sala com um sorriso e uma garrafa na mão.
- Pode-se juntar mais um à comemoração? – o rapaz alto sorriu.
Os restantes levantaram-se saudando e celebrando a sua chegada o que provocou o riso do chinês enquanto este se juntava à conversa e brindes que decorriam ao longo da preenchida mesa.
Mais uma garrafa de álcool se juntou ao grupo de rapazes que, felizmente, eram todos maiores de idade.


A discoteca era calma e discreta. Apesar da pista de dança ser relativamente grande, o espaço concentrava-se no uso das grandes mesas redondas a imitar pipas.
O ideal para um grupo grande.
Os rapazes espalhavam-se por duas meias pipas encostadas à parede mas andavam, na sua maioria, em pé a saltitar de uma mesa para a outra entre conversas e bebidas.
Donghae, que já estava demasiado animado para saber distinguir o que faz uma pessoa envergonhar-se e o que não, saltou do sofá e puxou Eunhyuk para se levantar.
- Vamos fazer furor no meio da pista! – pediu eufórico.
Shindong riu-se.
- O viciado quer dar nas vistas…
- Pois quero e depois?
- Vão fazer porcaria? Também quero! – picou Ryeowook. Kibum soltou uma gargalhada.
- Tem de juntar o Heechul e o Donghae como nos velhos tempos!
- Não vale de muito. – cortou Heechul – todos sabem que sou a estrela.
Donghae bufou.
- Eu é que levei com a merda na cara!
- Porque eu quis! – cortou Kibum.
- Bem, quem quiser levar com merda na cara pode sempre pedir aqui ao panda! – gozou Kangin abraçando Leeteuk. – pandinha…
- Vê lá se o panda te vai à boca! – atacou o loiro, controlando o riso. Kangin sorriu perversamente.
- Vais-me beijar, é? – provocou aproximar-se mais do líder que fugia dos seus beijos num pânico animado. Os rapazes riam-se, divertidos.
- Falta cá a Yuri! – soltou Yesung enquanto uma nova rodada de bebidas chegava.
- Ya… Ela é tão fofa. – suspirou Donghae. – Vamos ligar-lhes!
Heechul deu-lhe um cachaço.
- Não podes idiota.
- Elas estão em tour. – soltou Eun, azedo. Donghae fez beicinho.
- Então vamos dançar! – pediu saltitando e puxando Eunhyuk para si.
- Não me apetece!
O moreno cruzou os braços.
- Vocês são uma seca!
Kyuhyun tentou agarrar a sua bebida mas foi impedido por Sungmin.
- Não vais beber mais.
O mais alto sacudiu o braço de Min, amuado.
- Dá-me mas é um beijinho… - cantarolou rindo-se. Sungmin não achou piada.
- Pára Kyu.
- Pára tu! Bebo o que quero! – acusou sorrindo ao ter a caneca na mão. ZhouMi deu-lhe uma palmada de companheirismo nas costas. Via-se ao longe que também já via a dobrar.
- Isso é que é falar!
- Estás a ficar podre de bêbedo Kyuhyun. Não quero que bebas mais! Não o faças, por mim. – o mais velho insistiu agarrando pelos braços para o obrigar a encarar. Kyuhyun uniu as sobrancelhas e poisou a caneca com força na mesa, desviando os olhares para si.
- Como queiras! Vou dançar… - soltou balbuciante levantando-se. Sungmin tentou agarra-lo mas o rapaz sacudiu o seu toque saindo da mesa. Donghae abraçou-o.
- Yey! Companhia para dançar!
Os dois jovens riram-se e foram alegremente para a pista seguidos de ZhouMi. Sungmin suspirou e tentou afastar a preocupação.
Era só uma bebedeira, não podia acontecer nada de mal.
Sentiu um toque forte no seu ombro e virou-se instintivamente para trás. Heechul sorriu-lhe.
- Vamos dançar?
- Eu…
- Nem tentes dizer não! – cortou Shindong enquanto Yesung arrastava Ryeowook pela gola da camisola para a pista.
Os rapazes sorriram e Sungmin foi levado para a pista pelos amigos.
Hangeng e Siwon sentaram-se junto a Kangin, Teuk e Kibum.
- Como estão o Kyuhyun e o Sungmin? – o chinês indagou. Kangin olhou Leeteuk, partilhando a preocupação. O líder mordeu o lábio, pensativo.
- Penso que bem. Com o Kyuhyun nos tratamentos as coisas acalmaram bastante. Mas não vejo o Min muito feliz…
- A mim parece-me feliz… - soltou Hangeng olhando o moreno que se ria com um brilho no olhar vendo Heechul executar em dança cómica de ultima hora. Siwon suspirou.
- Quando está com o Heechul. Ele sabe faze-lo feliz.
- Ele gosta tanto do Sungmin. – suspirou Teuk. Kibum sorriu.
- Alguma vez imaginaram que ele se fosse apaixonar assim? Por um de nós ainda por cima.
Hangeng olhou o amigo tentando afastar certas lembranças.
- Ele é um apaixonado e um doce. Não é estranho. O Sungmin merece alguém assim. O kyuhyun é um bebé. Não é capaz de lidar com algo assim.
- O Heechul e o Sungmin sabem isso. – suspirou Kangin. – Não percebo porque continuam com esta brincadeira. Porque não se afasta o Kyuhyun desta cena de uma vez por todas. O puto precisa de uma namorada fofa da idade dele que só o veja a ele à frente. Não precisa de uma relação secreta com um dos hyungs.
Siwon ageitou o casaco.
- Mas o sungmin não é capaz de o deixar e ele não consegue ver isso sozinho.
Kibum suspirou.
- É a vida deles. Se eles estão juntos ou não é com com eles. Não há nada que possamos fazer.
- Custa-me ver o Hee no meio disto. Ele não merece. Está sempre tão bem e animado, mesmo quando está tudo mal. Não merece que o deitem a baixo quando ele mete sempre a moral em cima. – Hangeng suspirou estendendo os braços pela mesa.

- Hei, eu vou ter com os gajos ali! – avisou Donghae dirigindo-se para junto do grupo maior de rapazes, deixando Kyuhyun e ZhouMi sozinhos. Kyuhyun ergueu a sua lata de cerveja em direcção a Donghae em sinal de compreensão mas a visão que o atingiu eriçou o seu sistema nervoso, mesmo por entre todo o álcool que alterava a sua noção da realidade.
Parecia que o tempo tinha abrandado. Enquanto os rapazes dançavam sem qualquer sentido ou lógica, Heechul e Sungmin juntaram os seus corpos num abraço carinhoso, por entre risos e diversão. Era obvia a cumplicidade entre os dois. Quem é que ele andava a enganar? Mais valia porem um cartaz nas testas a dizer que se queriam em vez de gozarem com a sua cara.
Irritado, apertou a garrafa na mão e afastou-se do grupo para a zona da pista junto ao balcão. O seu corpo arrastou-se por entre a multidão abanando-se por instinto ao ritmo da música enquanto os seus lábios só procuravam mais álcool que a lata contivesse. Queria esquecer aquele traidor. Min devia estar consigo, não com Heechul. Mas Min já fizera a sua escolha. Era óbvio.

Que tivesse bom proveito.

Uma rapariga, de cabelo negro curto que lhe tapava uma parte da cara numa franja comprida e um top comprido e balançante que lhe revelava as curvas pela falta de pano que lhe descobria as costas, juntou-se a si na pista estendendo-lhe uma garrafa.
Kyuhyun olhou-a com um sorriso descaradamente perverso e aceitou a bebida, tragando o máximo que conseguiu num gole.
A jovem sorriu enigmaticamente. Tinha um olhar escuro e brilhante que lhe fazia lembrar Sungmin. Mas a maquilhagem escura dava-lhe um toque sensual que nenhum rapaz algum dia conseguiria atingir.
- A esquecer? – ela indagou aproximando-se do seu corpo. Kyuhyun sorriu.
- A fazer os possíveis…
- Posso ajudar em algo mais…? – ela provocou passando a mão pelo peito do rapaz, tapado por uma sweat negra.
- Uma mãozinha é sempre bem-vinda. – ele finalizou antes de a puxar para si colando os seus lábios aos dela com desejo.
Tinha saudades de beijar uma rapariga.


- Vamos ao bar pedir algo? – convidou Heechul ao amigo, dançando divertido. Shindong acenou com a cabeça.
- Vamos já! Estou a morrer de sede!
- Onde está o Yesung e o Wook? – Hee olhou à volta.
- Não sei.
Sungmin agarrou o braço de Heechul.
- Porque é que o ZhouMi e o Donghae estão aqui e o Kyuhyun não?
- Deve ter voltado para a mesa… Não te preocupes. Vamos ao bar, já voltamos.
- Eu vou com vocês.
- E vais deixar o Donghae e o Zhou sozinhos?
- Deixem. – cortou Eunhyuk que apareceu na pista. – Eu tomo conta deles.
Sungmin sorriu-lhe e juntou-se a Heechul e Shindong avançando pela discoteca enquanto eram atropelados por pessoal animado.
Desde quando é que a pista enchera tanto?
Mas os rapazes não ligaram a isso mantendo uma conversa animada.
O loiro perdeu o sorriso que mantinha enquanto o gordo contava uma história antiga da banda ao ver Kyuhyun junto ao balcão do barman. O choque atingiu-o.
Não.
- Mudei de ideias! Quero dançar mais! – soltou metendo-se à frente de Sungmin. – O Shindong pede as bebidas! – pediu atacando o amigo com o olhar.
- Deves estar a passar-te! – o moreno resmungou. Sungmin riu-se.
- Tu estás bêbedo. Vamos lá pedir as bebidas.
- Anda lá… Vamos dançar mais! – heechul choramingou tentando esconder a aflição enquanto o mais novo o olhava com um sorriso confuso. Shindong abriu a boca de choque.
- Oh meu--
- Vai buscar as bebidas! – Heechul urgiu cortando-lhe a palavra. Sungmin tentou seguir a visão de Shindong mas Heechul impediu-o metendo-se à sua frente enquanto forçava uma risada. Sungmin perdeu o sorriso.
- O que é que se passa?
Shindong soltou uma gargalhada.
- O donghae está a fazer das dele! – soltou enquanto o amigo fazia pinos na pista com pouco sucesso. – Eu vou buscar as bebidas!
- Vamos ajudar o Donghae. - Heechul tentou empurrar Sungmin de volta ao circulo de amigos mas este não cedeu.
- O que é que se passa?! - Sungmin tentou tirar o loiro do caminho.
- O quê? – Heechul fez-se desentendido.
- És um óptimo actor mas não em momentos de aflição! – acusou Sungmin e empurrou-o para ir ter com Shindong. Furou as pessoas em direcção ao balcão com o loiro atrás de si.
Não foi preciso muito tempo até a dura realidade embater na sua visão.
Kyuhyun estava ali. No meio de toda a gente.
Enrolado com uma rapariga qualquer como se não houvesse amanhã.
A pessoa que dizia que o amava e que precisava mais que nunca de si.
Ele desistira de tudo por ele para agora ter esta recompensa?
Sentiu as lágrimas toldarem os seus olhos quando Heechul o abraçou contra si. De um momento para o outro Siwon apareceu ao pé de si com um olhar e perguntas de preocupação e Leeteuk e Kangin cortaram a multidão da pista para separar Kyuhyun da conquista.
A rapariga olhou os rapazes em choque.
- Desculpem?
- Hei! Larga-me! – soltou Kyuhyun amuado para Kangin. Leeteuk conteve-se para não lhe dar um murro.
- Kyuhyun! Estamos numa discoteca! O que é que te passou pela cabeça?!
Sungmin não conseguia aguentar aquilo. Estava tudo a olhar para Kyuhyun e aquela rapariga. E ele ali a ser o centro das atenções dos hyungs que se mantinham mais sóbrios por ser o traído. Isto não podia estar a acontecer.
O tempo pareceu desaparecer por entre os acontecimentos. Sungmin mantinha a concentração necessária para não fazer o mundo desabar sobre si.
Ele não amava Kyuhyun dessa maneira depois de tudo. Não era como se fosse uma novidade que a relação deles fosse uma farsa. Mas continuava a sentir uma dor aguda de perda. De troca. De traição. Kyuhyun sempre quiser provar com todas as forças que o amava apesar de toda a violência. E fraquejara à primeira bebedeira. Saber que era mentira desta forma, era pior que uma estalada.
Raios! Porque é que ele tinha de ser tão lamechas?!
Os rapazes saíram do espaço evitando o olhar e os telemóveis com câmara fotográfica dos mais curiosos.
- Espero que te sintas feliz quando a tua cara sair no jornal da manhã! – atacou o líder dando um calduço no mais novo de todos.


Sungmin não foi dormir a casa nessa noite. Kyuhyun ficou ao encargo de Shindong e ele foi para casa de Heechul, Kibum, Donghae e Siwon. Precisava de se afastar de casa e de todas as memórias deprimentes. Precisava de respirar algo diferente.
Kibum fez com que o moreno se sentasse no sofá e sentou-se ao seu lado enquanto Siwon levava Donghae, que estava demasiado bêbedo para perceber alguma coisa, para a cama.
Infelizmente nem as piadas do bêbedo inocente animavam Min. Sentia falta do seu ombro amigo. Tinha de se embebedar logo hoje!
Felizmente Heechul estava ali apesar de também ter bebido um bocado. Sabia que ele estava sempre ali. E como era de esperar o loiro pegou nele pelo pulso para o levantar, como lendo o seu pensamento.
Sungmin não queria sentar-se a chorar.
Queria aliviar toda a pressão.
- Anda comigo. – O loiro pediu. Kibum não disse nada, nem Sungmin. Deixou-se apenas guiar pelo seu hyung.
Os dois saíram de casa e subiram as escadas do prédio até ao último andar. Heechul dirigiu-se à caixa do extintor e tirou da parte de trás uma pequena chave. Com um sorriso matreiro abriu a porta que dava acesso ao telhado e deu passagem ao mais novo.
Cá fora a brisa fria era agradável. Ajudava a acalmar e clarear os pensamentos. Heechul ultrapassou moreno e deu uma volta de braços abertos sorrindo ao rapaz.
- Espectacular, não?
- É lindo. – Sungmin suspirou olhando a vastidão de prédios que se perdiam em luzes por Seoul.
- Anda. – o loiro esticou a mão ao donsaeng que este aceitou de agrado e os dois colaram-se ao muro que os impedia de cair do prédio abaixo. Heechul esticou o pescoço de olhos fechados de modo a sentir melhor a brisa nocturna. Sungmin seguiu o gesto do mais velho e fechou também os olhos. Quase que conseguia sentir os corações de ambos a bater em uníssono.
De repente, um grito rasgou a tranquilidade. Sungmin abriu os olhos vendo o hyung gritar com força até se engasgar numa gargalhada. O mais novo sorriu.
- Anda lá! Grita comigo! Sabe bem!
Sungmin arqueou uma sobrancelha e olhou a noite pouco estrelada da cidade. Engoliu em seco e com toda a força passou cá para fora toda a frustação num grito irritado. Heechul riu-se gritando com ele a incentivando-o a gritar com mais força. Sungmin tentou dar o seu melhor gritando com toda a força. Queria gritar até cair. Queria gritar até esquecer toda a dor e todo o martírio.
Queria libertar-se daqueles fantasmas! Daquelas ideias parvas! Estava farto de sofrer!
- AAAAAAAAAAAAAAAAAAHHH!!!!!!!!
As lágrimas saltaram dos seus olhos mas desta vez era uma sensação agradável. Uma sensação de alivio. Os dois rapazes explodiram numa gargalhada enquanto tentavam sem sucesso gritar de novo e deslizaram pelo muro até se sentarem no chão a olhar o telhado que se estendia à frente deles.
Sungmin suspirou.
- Obrigado.


continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Ter Set 28, 2010 3:52 pm

Adoro estes capítulos enormes EXTRA MEGA SIZE *apanha da maknae*

Ai, estava tudo a correr tão bem com eles todos juntos a divertirem-se *-* Nhai ~~ Hangeng, Kangin e Kibum back *-* *misses*
Eu ri da conversa deles baseada nas cenas do filme XD
OMO ~~ Que saudades de momentos KangTeuk *-* O Kangin a tentar beijar o Teukie XD
Imagino para que é que eles queriam lá as SNSD Cool O Yesung já que não poder ter a Yuri que fique com o Ryeowook que também é fofo *YeWook lover* *apanha*
O Donghae estava bastante animado Razz
Aish KYUHYUN!!! Opá, que maldade para com o Min...
Como é que ele foi capaz de se deixar levar por uma gaja qualquer? u.ú Só fazes merda Kyuhyun! Evil or Very Mad
Porque é que eu sinto as minhas esperanças num KyuMin cada vez mais longe? *chora*
É desta que o Sungmin fica com o Heechul de vez! Bem, mas até é melhor... chega do Sungmin sofrer...
Porquê Kyu? *faz drama*

Nhai *-* Foi tão fofo o Hee levar o Min para o telhado para aliviar o stress *-*
E aquela vista das luzes de Seul deve ser brutal ~~*-*

Continua kim *-* I'm loving it! ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Ter Set 28, 2010 4:00 pm

ya, eu quis bué juntar o pessoal todo... saudades a falar mais alto ;_;
E fiz bué casalinhos mas nem foram propositados como hangeng/Siwon e Ryeo/yesung... xD Foi por acaso. Kangteuk já foi de proposito Twisted Evil eu acho-os tão fofos *-* eu sou um bocado old couple nos casalinhos suju. amo sihanchul, kangteuk, kangmin.. o pessoal mais antigo xD quer dizer, não é antigo mas da-me bue a sensação que estes são mais oldcouples porque foram os primeiros e com a malta mais velha... enfim xD
Ainda bem que estás a gostar! E não fiques triste. O kyu ainda pode mudar (a)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
LaLa
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Qua Set 29, 2010 5:02 pm

Ohhh já tinha saudades disto Kim

O Kyu foi um vadio , tadinho do Sungmin
Ele estava todo preocupado com ele , e no fim o Kyu è um ordinário
Ok pronto o Min que meta um selo no cu do Kyu e o mande passear e fique com o Hee , já gritam juntos e tudo xD
Nem com o tratamento vai lá o sacana
Nhai *-* Foi tão fofo o Hee levar o Min para o telhado para aliviar o stress *-* [2]

Continua sim Kim ?^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Sab Out 02, 2010 8:57 pm

Heei! ^^
Só me faltam duas cenas para acabar esta fic *-*
Calma Lala, vamos manter o Kyu em bom estado fisico, não há que descer o seu nivel Cool
Whatever xD
Mais unzinho. Espero que gostem.

MLO - parte 12

O dia começara tranquilo. Cada se dirigiu para o estúdio para ir treinar e ter as aulas do costume. Sungmin estava a treinar com Eunhyuk no estúdio de dança.
- Mas o pé dobra assim, certo? – o mais velho indagou, fazendo o movimento.
- Sim, já percebeste tudo?! Bolas, Sungmin, estás com a cabeça noutro lado…
- Eu sei, desculpa…
- Eu percebo. Não está fácil para ninguém.
- Como estão as coisas contigo? – Sungmin passou uma toalha pela cara.
- Como estão as coisas contigo? – Eun imitou com má cara.
- Prefiro falar das tuas coisas e não ter conversas sobre a minha vida privada, pode ser? Para variar. – atirou o mais velho incisivamente. Eun engoliu em seco.
- Eu percebo… Depois da noite de antes de ontem não vou chatear. – suspirou desviando o olhar. Sungmin engoliu em seco ao sentir uma picada no estômago quando o melhor amigo tocou no ponto fraco. Eun voltou a olhar o amigo. - Estão melhores… Já desanuviei e estive a falar com o Mike… aquele das publicidades. Pode ser que entre num mini drama.
- Isso é óptimo!
- Sim! Gostava mesmo de passar pela experiência…
- Tens de ter paciência. E o resto?
- Como assim?
Sungmin arqueou uma sobrancelha em resposta. Eunhyuk suspirou.
- Também não queres falar da tua vida privada, certo?
- Não mudou nada. – sungmin concluiu.
- O que podia ter mudado? Há que encarar a verdade… Nós nunca… Olha, vamos continuar a praticar?
- Eu tenho de ir embora… O Kyuhyun está quase a sair do psicólogo e vou ter com ele.
- Hmm, vais resolver as coisas?
- Certo. – Sungmin suspirou. Eunhyuk acenou com a cabeça e afastou-se enquanto Sungmin arrumava as coisas. Depois do amigo sair era só ele e o espelho. Como muitas outras vezes.
Suspirou e ligou a música que queria começando a dançar livremente sem nenhuma coreografia pensada. Os movimentos e os passos já estavam incrustados em si.
Donghae passou pelo corredor sem grande coisa para fazer por isso os seus passos eram vagarosos. Através do vidro do estúdio o rapaz pode ver o melhor amigo dançar com toda aquela fluidez que ele conhecia bem e invejava ainda mais.
Eunhyuk dançava tão bem. Era apaixonante e viciante ver os seus movimentos em perfeita sintonia com a música. Aquele corpo esbelto contorcendo-se em harmonia e agressividade. Eunhyuk amava a dança e era fácil perceber isso com a paixão de cada passo.
O loiro sentiu uma dor atingi-lo no tornozelo ao executar uma manobra fraquejando o seu equilíbrio. Gemendo de dor, o jovem caiu no chão agarrando a zona dorida. Donghae sentiu o coração disparar ao ver o amigo cair. Em pânico desviou-se para a porta de entrada ao lado da janela da sala, entrando com toda a força. Sem quebrar a velocidade, correu para o rapaz no chão ajoelhando-se ao seu lado e olhou-o aflito.
- O que aconteceu? É no pé?
O melhor amigo virou-se para ele confuso, passando a vista pela porta e pelo rapaz à sua frente repetidamente.
- D-de onde é que apareceste?!
- Esta… Estava a ver-te dançar e vi-te cair! Estás bem? Anda, vou levar-te à enfermaria. – o moreno tentou pegar nele ao colo mas Eun resistiu agarrando o tornozelo com cuidado para Donghae não lhe tocar.
- Au, au! Estou bem. Pára. Estavas a ver-me dançar? – o loiro desviou o olhar para o amigo que o agarrava e os olhares de ambos cruzaram-se com intensidade. Eun sentiu o coração disparar e só ouvia a sua respiração como se estivesse dentro do próprio corpo. Donghae estava a vê-lo dançar e ele nem tinha reparado. Sabia tão bem ouvir aquilo. Saber que ele lhe dava importância. Mas todos esses pensamentos foram cortados quando o loiro deu por si a respirar o ar do outro. Ele estava tão perto.
Donghae fitou o amigo com intensidade, arrepiando-se quando uma sensação estranha amarrou o seu corpo. Eunhyuk estava a um palmo de distancia e os seus lábios estavam a atraí-lo mais que nunca. Tossiu atrapalhado e desviou o olhar pondo o braço do rapaz aos seus ombros de forma a ergue-lo. Eun gemeu de dor e engoliu em seco tentando apagar as esperanças. Optou por deixar o amigo leva-lo à enfermaria enquanto um vidro de vergonha os separava.

*
Sungmin suspirou olhando o relógio enquanto esperava pelo maknae. Custava-lhe estar ali na rua à espera que aquela pessoa saí-se do gabinete do 2º andar do prédio que se encontrava à sua frente. Coçou o cabelo nervoso e olhou o relógio de novo, apesar de saber que o ponteiro apenas tinha dado mais cinco passagens de tempo.
Raios. Porque demorava tanto? Já devia ter acabado a consulta à 15 minutos atrás. O que poderiam estar a conversar que demorasse tanto? Era melhor ir perguntar se ia demorar muito. Mas isso parecia mal. Provavelmente Kyuhyun ia-se passar… Mas não podia ter medo! Afinal de contas ele não era um brinquedo. Não era o brinquedo de Kyu, era o seu hyung e ele tinha de perceber isso!
Irritado por estar ali à seca quando tinha assuntos para resolver com o moreno, entrou no prédio subindo a escadaria e entrou no escritório do psicólogo. Havia uma salinha de espera tão igual a todas as salas de espera como as alfaces podem ser diferentes. Adorava a originalidade destas pessoas. Uma jovem estava a escrevinhar algo atrás de um pequeno balcão. Sungmin sorriu-lhe.
- Desculpe, sabe se Cho Kyuhyun já saiu da consulta? Começava às três… Já devia ter acabado a algum tempo.
A rapariga mordeu o lábio com um ar distraído, tapando a caneta.
- Hmm, peço desculpa mas o Sr. Cho não chegou a vir à consulta.
- Não chegou? – Sungmin abriu a boca de espanto.
- Não. O cliente das três não veio, o senhor psicólogo tem estado sozinho no gabinete a trabalhar, quer falar com ele?
- Não, obrigado. Boa tarde. - Sungmin passou a mão pelo cabelo com um ar distante e saiu rapidamente da sala vindo para o ar quente da rua. Sentia o coração acelerado do nervosismo. Onde é que aquele idiota se tinha enfiado? Pegou no telemóvel e levou a barra da lista telefónica para a letra S, marcando no verde ao ver o nome pretendido.
- Estou, Shindong, estás em casa?
- Estou… Cheguei ainda agora… Porquê?
- Está aí o Kyuhyun?
- Não. Estou sozinho.
- Sabes onde é que ele pode estar?
- Não, mas ele não devia estar no psicólogo?
- Devia. – o rapaz suspirou. – Ele faltou ao psicólogo.
- A serio? – a voz de shindong alterou-se.
- Sim, não te preocupes. Vou tentar tratar disto…
- Eu preocupo-me sempre.
Sungmin suspirou, despedindo-se e desligou a chamada para marcar rapidamente o numero de Kyuhyun. O toque de espera fez-se ouvir durante algum tempo. O coração do de cabelos negros acelerava a cada toque. Sungmin preparou-se para desligar quando finalmente a voz fraca de Kyuhyun se fez ouvir.
- Kyuhyun! Onde andas?!
- Vim dar uma volta… Porquê?
- Devias ter ido para o psicólogo.
- … Esqueci-me. – o mais novo suspirou. Sungmin bufou, irritando-se.
- Porque é que estás a mentir? Custava muito ir à merda da consulta?! Porque é que insistes em ser assim?! Parece que só ficas bem a afundar-te mais!
- Eu sei o que faço.
- Não, não sabes.
- Não podes vir ter comigo?
-Eu vim ter contigo Kyuhyun! Tu é que não estavas cá.
- Desculpa.
- Estou farto disto. Só pedes desculpas. Nunca as evitas.
- Eu também estou farto desta merda e não é um gajo qualquer que está a comer o meu dinheiro para me ouvir desabafar que me vai ajudar.
- Se não é ele, não é ninguém.
- Tu podes ajudar-me.
- Não posso. O problema foi ter tentado ajudar-te tanto.
- É mentira. Tu fazes-me bem.
- Não, não faço. Eu já não te conheço, maknae.
- Hyung… Tu estás a desistir de mim?
- Estou. Tal como tu desististe de mim. Não posso fazer mais isto. Tens de perceber que nós não somos nada e tu não queres estar comigo.
- Eu quero! Eu preciso de ti hyung!
Sungmin fechou os olhos, afastando o desejo de confortar aquela voz chorosa do mais novo. Não ia sucumbir mais. Não podia acreditar mais naquelas lágrimas de crocodilo. Estava farto de sofrer! Fodasse, ao menos uma vez tinha de olhar primeiro em si!
- Não é de mim que tu precisas, kyuhyun! Eu só aumento a tua obsessão! Estou farto desta porcaria.
- Falamos quando estiveres calmo. Até logo.
Antes que Sungmin pudesse responder o mais novo desligou. Sungmin enfiou o telemóvel no bolso, irritado. Estava farto disto tudo. Porque raio é que tudo isto estava a acontecer?


continua...


Última edição por kim em Dom Out 03, 2010 3:47 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Sab Out 02, 2010 10:14 pm

Tadinho do Min, já nem se consegue concentrar decentemente com tanto problema Neutral
OMONA~~! EUNHAE moment *-*
O Hae todo entusiasmado a ver o Hyuk dançar e depois todo preocupado quando ele caiu... Kyute ~~
Aish! Eu já tava a ver a cena de um beijo entre os dois... mas não... *chora* És má Kim XD
Mas vá, a saúde do Eunhyuk primeiro e o beijo depois *apanha*

Opá, o que é que aquele desgraçado do Kyu foi fazer para faltar à consulta?
Será que ele não vê que se continua assim é que perde o Min de vez (se é que não perdeu já... mas eu prefiro não pensar nessa hipótese *still hoping*)

Continua please *-*

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
LaLa
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Dom Out 03, 2010 11:48 am

kim escreveu:
Calma Lala, vamos manter o Kyu em bom estado fisico, não há que descer o seu nivel
Nehhh o Kyu è assim tão baixo para eu ter de descer ao seu nivel ?!? xD *apanha* .. ...


Bom falando "aserio"

Nehh o Donghae todo fofi quando o Eunhyuk caiu !
Cho MinTae escreveu:
Mas vá, a saúde do Eunhyuk primeiro e o beijo depois *apanha*
Se o Hae se vestisse de enfermeira è que era fino , assim conciliavam-se as duas coisas *cala-se claudia*
Opa dá pena ver assim o Kyu Sad
O Min tem de lhe mostrar quem è que manda , talvez assim o Kyu mude e volte para ele direitinho ne ?

Nehh Kim continua sim ?^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MiyaHaru
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 511
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 27
Localização : Porto. Portugal

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Ter Out 05, 2010 5:50 pm

OH MY GOD!!!
1º tenho de dizer:
EUNHAE!!!!!EUNHAE!!!!!EUNHAE!!!!! *salta com os braços no ar*
Ai tão sexy, tão intenso!!! My god!!! *tenta se controlar*
Quando comecei a ler deu-me umas saudades dos membros que agora não estão na banda Crying or Very sad Crying or Very sad Crying or Very sad Crying or Very sad
Tenho imensas saudades do Kangin...e do china...e do Kibum... Crying or Very sad Crying or Very sad Crying or Very sad Crying or Very sad

Ya LaLa também tenho pena do Kyu porque o Sungmin ficou todo chateado mas andou aos amassos na discoteca com o Heechul!
Tadinho do Kyu Crying or Very sad
Olhem eu fazia exactamente o mesmo que o Kyu mas não com uma rapariga!
Como é obvio ia ter com o Donghae bebâdo e perguntava se ele queria ajuda, tipo anjo bom bom
Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil Só depois me mostrava muuuuuahahahhahahaha

Mas continuando amei Kim!!!!
Continua please *.*
Estou aflita para saber quem é que o Minnie vai escolher *.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Ter Out 05, 2010 8:10 pm

é assim, só para esclarecer aquilo que vejo nos vossos comentarios... xD O Sungmin não andou aos amassos a ninguém. Estava com os amigos na boa e deu um abraço no meio da galhofa ao Hee, mas tudo como amigos. O Kyuhyun é que começou a imaginar que eles estavam todos queridos porque só consegue ver as coisas assim... E mesmo que tenha existido um pouco de complicidade entre os dois na discoteca é normal devido a tudo o que se passa. o kyuhyun foi-se agarrar a uma gaja qualquer por desejo e porque estava bebedo. Não tem nada a ver.
Só esclarecendo isso... x) E sim, não resisti a escrever mais eunhae *-*
Ainda bem que estão a gostar! ^^ já acabei a fic *-*
mais um. está a aproximar-se do fim Cool
este episodio foi das primeiras coisas que escrevi. eu sou assim xD E adorei escrever isto. Enfim.
espero que gostem.

MLO - parte 13

Heechul abriu a porta de casa ainda de pijama e a lavar os dentes e deu de caras com Min. O mais novo arqueou uma sobrancelha.
- Só agora é que acordaste? São quatro da tarde!
Heechul encolheu os ombros.
- Temos de aproveitar os dias livres para descansar.
- Hyung… - Sungmin suspirou com ar repreendedor. Mas não o censurava. Às vezes também só lhe apetecia desligar o telemóvel, fechar o quarto e as persianas e ficar a dormir um dia inteiro.
O mais velho apressou-se à casa de banho e abriu a torneira do lavatório para prosseguir a lavagem dos dentes. O rapaz mais baixo e de cabelos negros entrou, olhando à volta.
- Os outros?
- Tinham agendamentos e o Kibum está em gravações.
- Não tens gravações?
- Não. Se tivesse não estava aqui.
Sungmin sorriu olhando o chão.
- Tem a sua lógica. – entoou torcendo os lábios. O loiro encostou-se à ombreira da porta, cruzando os braços.
- O que se passou? – inquiriu atacando o amigo com um olhar intenso. Sungmin suspirou.
- O Kyuhyun faltou ao psicólogo… E eu acabei tudo. Desisti de tudo… Estou farto.
Heechul arregalou os olhos ao ouvir aquilo. Teve de fazer um esforço para não fazer um sorriso surgir nos seus lábios ao sentir um peso enrome deslizar de cima dos seus ombros.
- Mas..?
- Mas ele não aceitou… Acho. – Sungmin engoliu em seco. O olhar de Hee escureceu ao sentir a raiva borbulhar no seu peito.
- Ele vai ter de aceitar. Não vou deixar que sofras mais.
- Eu sei, hyung… Já não o conheço mesmo. – o mais novo suspirou. Heechul largou a ombreira da porta e rasgou a distancia entre os dois, tomando a face entristecida de Sungmin entre as suas mãos.
- Vai correr tudo bem. Acredita em mim. – as palavras directas e seguras do mais velho acalmaram o coração frenético do mais novo.
Sungmin mordeu o lábio olhando a beleza de Heechul enquanto este acariciava o seu cabelo negro.
Heechul era lindo, carinhoso e estava ali para ele em todos os momentos.
O seu coração acelerava na sua companhia, cantando de alegria e deixando-o eufórico como não acontecia com ninguém.
Ele amava-o. Era certo.
Heechul não teve tempo de respirar quando Sungmin o beijou com paixão. O mais velho puxou-o para si, beijando de volta e rodou pelo corredor enquanto o levava para o seu quarto.

*

Sungmin abriu a porta de casa e viu Kyuhyun aparecer na porta para a cozinha com um ar ansioso.
- És tu! Estava a ver que não. - o rapaz foi na sua direcção e tentou beijá-lo mas Sungmin virou a cara afastando-se. Houve um momento de constrangimento até finalmente o mais velho o olhar com um ar alterado.
- Acabou, lembraste? Pára de tentar fazer com que nada tivesse acontecido e de me levar com esse ar inocente.
- Mas hyung. Eu amo-te. – o rapaz foi directo na sua convicção. Mas Sungmin via aquelas palavras como algo gravado na mente do maknae. Não havia qualquer sentimento.
- Tu não me amas. Eu já não te amo… Vamos parar de fingir. Tu precisas de seguir em frente, curar-te e arranjar alguém que ames. Não vale a pena Kyuhyun. Nós não funcionamos assim. Preciso da tua amizade de novo.
- Sungmin, pensa bem… Isso é uma parvoíce… - Kyuhyun agarrou o mais velho pelos braços atrapalhado. - Estás a lutar contra os sentimentos. Eu sei que te amo. Não me podes deixar. Podemos esquecer o passado e começar de novo. Eu sei que estou melhor, não preciso de um psicólogo.
- Não, Kyu… Tu provaste que precisavas de uma rapariga quando me traíste… Não é algo que se possa esquecer. – Sungmin arrancou-se dos braços do mais novo e foi em direcção à sala com Kyuhyun no seu encalço.
- Pára de dizer essas coisas! Eu estava bêbedo!
- Nem pediste desculpa!
- Desculpa!
Sungmin riu-se, afectado.
- Boa… Estás a progredir… - o mais velho falou ironicamente. Kyuhyun passou as mãos pela cara e, sentindo um impulso de raiva, atirou um objecto de vidro que estava numa prateleira ao chão. O objecto partiu-se em mil pedaços e os dois rapazes ficaram a olhar-se em silêncio.
- Tu não estás bem Kyuhyun… Eu não te faço bem e tens de perceber isso. Estás obcecado.
- Não! - Kyuhyun gritou irritado avançando para o hyung e agarrou-o pelos braços mais uma vez, obrigando-o a olha-lo. – Eu amo-te! Tens de ficar comigo!
Sungmin tentou combater contra a força do maknae em pranto.
- Estás a magoar-me Kyuhyun… Pára.
- Diz que me amas! – soltou irritado aumentando a pressão. Sungmin gemeu de dor.
- Eu não posso dizer isso…
- Tens de o dizer! Não percebes? Tu és meu!
- Eu não sou teu! Não te amo! Acabou! – gritou Sungmin irritado. Kyuhyun empurrou ferozmente o mais baixo para o chão e ajoelhou-se prendendo-o na cintura entre as suas pernas.
- Tu és meu, não percebes? Pertences-me. Pertencemos um ao outro. Não me podes deixar.
Sungim tentou empurrar o mais novo de cima de si sem sucesso. Sentia o coração bater tão ferozmente como as palavras saiam da boca de Kyuhyun.
- Larga-me donsaeng, estou a falar a sério! - avisou irritado. O maknae agarrou-o nos pulsos prendendo-o ao chão.
- Não queres atenção e amor?
- E respeito e confiança e carinho! Tu não sabes o que é o amor. Tu estás doente! Isto é uma fixação! Tu não me amas!
- Foi o cabrão do Heechul que te pôs isso na cabeça! Sabes que é mentira!
- Eu sei pensar por mim!
- Não, não sabes. Tu estás confuso. É a mim que amas e vais continuar a amar.
- Eu só quero parar de sofrer! Contigo isso não vai acontecer!
- Mas eu amo-te! A parte má vai passar. - kyuhyun beijou o hyung com força e abriu-lhe a camisa rasgando os botões. O seu corpo tremia de fúria e pânico enquanto Sungmin se debatia contra as suas acções.
- Kyun-ah, pára, por favor! Acabou!
- Tu és meu... Eu amo-te. Desejo-te. Pára tu de me evitar! - o mais novo deu uma estalada em Min antes de o voltar a atacar com beijos e toques repletos de fúria e luxúria, fazendo-lhe as lágrimas virem aos olhos.
De fúria.
De dor.
Estava mesmo farto
Não sabia o que fazer. Não o queria. Porque é que ele não percebia isso?!
- Pára já! - sungmin empurrou-o com força tentando sair de cima dele. Kyuhyun agarrou-o pelos ombros e bateu com as costas do hyung no chão com força.
- Não. Eu preciso de ti agora.
- Kyun-ah, fodasse, pára!
O mais novo nem por isso parou.
«kyuhyun...»
«Kyuhyun...»
«Só quero que vivas um amor como alguém como tu merece! Só quero que sejas feliz!»

«Ele abusa de ti.»
«Ele está doente, pode matar-te.»
«Kyuhyun!»

Acaba com isto!

Sungmin rastejou pelo chão tentando fugir aos beijos de Kyuhyun. Este desceu a mão pelo corpo do mais velho e tentou desapertar o cinto com esforço por entre toda aquela confusão. Cada movimento era rápido e feroz e o hyung mal conseguia ter tempo para respirar ou raciocinar. Cada acção do donsaeng doía demasiado por fora e por dentro. Sungmin aproveitou que o rapaz estava distraído com o seu cinto e o seu pescoço e esticou o braço com esforço para a mesa de chá à procura de algo para se defender. Só queria que acabasse. Agarrou a primeira coisa que conseguiu alcançar e acertou em cheio com ela na cabeça do agressor.
O silêncio instalou-se.

Acabou.


continua...

peço desculpa por deixar na ansia mas enfim... tem de ser Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
LaLa
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Ter Out 05, 2010 8:59 pm

Ohh agora è o Min que precisa de psicologo por ser violento Razz
O Minnie foi esperto , aproveitou o facto de o Heechul ter escovado os dentes à pouco para lhe espetar um beijo daqueles ...
O Kyu tem problemas sérios.
O Min não lhe meteu um selo no cu , mas espetou-lhe com uma coisa na cabeça xD
Nehhh Kim , o Kyu não morreu ora não ?!?!?

Continua sim Kim-chan ? Estou em pulgas para saber o que vai acontecer
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Qui Out 07, 2010 2:10 pm

OMONA Sungmin!
Será que é desta que ele vai mesmo optar pelo Chull?
Oh kim devias ter continuado essa parte... eu estava tão curiosa para saber porque é que o Heechul levou o Min para o quarto Rolling Eyes O que é que será que foram fazer? *apanha*

OMO~! Aish! O Kyu estragou tudo de vez!
Eu estava com tanta esperança que ele desta vez atinasse... mas já se armou em possessivo outra vez!
Aish! Só me apeteceu bater-lhe quando ele deitou o Min ao chão e tentou forçá-lo u.ú
O Kyu está tão doente daquela cabeça... será que ele vai algum dia recuperar?

Ai Min! Meu Deus!
Espero que ele não tenha agarrado logo algo demasiado perigoso...
E nem me falem no Kyu morrer! NÃÃÃÃOOOO! Isso não pode acontecer *medo*
Espero que a pancada sirva para lhe por as ideias no lugar e que acorde bem... *hopes*

Isto é só para nos deixar aqui a roer as unhas!
Continua please *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Dom Out 10, 2010 7:39 pm

ai pessoal obrigada por todos os comentarios.
Mintae, nao sejas curiosa, aquele que acontece no quarto do heechul... fica no quarto do heechul Cool
desculpem pela demora mas como anda tudo ocupado nao quero postar com muita rapidez para depois andarem a ter que ter imenso para ler. enfim. vou postar mais um e desvendar o misterio do sucedido ao kyuhyun xD e OMG este é o penultimo T-T
Espero que gostem ^^

MLO - parte 14

O silêncio instalou-se.

Acabou.

Kyuhyun caiu imóvel ao lado do mais velho. O tempo parecia rastejar lentamente naquele momento. Sungmin rastejou pelo chão encostando-se à parede em choque. Sentia o seu coração rebentar nos seus ouvidos enquanto o seu peito subia e descia procurando o máximo de ar possível para voltar a respirar em condições.
Quando o mundo voltou a girar como sempre girara antes, Kyuhyun estava com uma jarra partida junto a si. O sangue escorria da sua testa. Não havia reacção da sua parte. Sungmin rastejou para junto de si em pânico sem saber onde lhe tocar. Analisou a ferida sem conseguir chegar a qualquer avaliação. A sua cabeça estava a mil à hora.
- Kyun-ah?
Estava morto. O rapaz estava morto e a culpa era sua.
- Kyunnie?! Kyuhyun acorda por favor!
Isto não podia estar acontecer. Ele não queria nada disto. Não queria perder Kyuhyun. As lagrimas saltavam dos olhos enquanto as suas mãos agarravam a face do mais novo tentando não tremer.
- Acorda por amor de deus!
Com a visão turva das lágrimas a dificultar a tarefa, Sungmin lá conseguiu marcar o número de Heechul e levar o telemóvel ao ouvido. Sentia o seu corpo tremer de medo.
- Sim?
- Heechul! – Sungmin chamou em pânico.
- Sungmin! O que se-se passa?! O que aconteceu?!
- Eu m-matei… Eu matei-o… Eu matei-o… - o rapaz fitou o mais novo no chão sem saber o que fazer. – Eu acho que o matei, hyung!
- Sungmin. Tem calma, por favor. O que aconteceu?
- E-ele tentou… Mas eu não conseguia… Eu não conseguia mais! E dei-lhe com um jarra na cabeça. – Sungmin sentia as lágrimas saltarem enquanto abanava o rapaz no chão para o tentar acordar. – Kyuhyun, acorda fodasse! Não me faças isto…
- Já tens a chave? – Heechul parecia falar para outros. - Olha Sungmin, nós vamos para aí agora. Não deixes de falar comigo. Ele respira?
- E-eu não sei…
- Tenta ver.
- Vem depressa!
- Estou a ir, pequeno.
10 minutos depois Heechul bateu com força na porta de entrada. Sungmin acorreu á porta e abriu-a abraçando o seu hyung com força. Atrás dele vinham Siwon e Donghae que se apressaram a ir ao encontro de Kyuhyun. Pouco tempo depois chegaram os paramédicos numa ambulância levando o corpo dali enquanto Sungmin se esforçava para respirar por entre as lágrimas e o pranto. Só queria vomitar e morrer ali para esquecer tudo aquilo.

*

Kyuhyun abriu com esforço os olhos. Estava bastante pálido com o ritmo do seu coração a ser denunciando numa máquina ao seu lado e o seu corpo estava a ser alimentado por soro. Tinham-se passado horas desde o sucedido mas Sungmin nunca tinha saído de junto do seu donsaeng.
- Min? – o mais novo fitou o aspecto miserável de Sungmin com um ar confuso.
- Kyu! – o mais velho apressou-se a abraça-lo. – Desculpa, por favor. Não queria nada disto.
Kyuhyun abraçou-o de volta com algum esforço.
- O que se passou?
- Levaste com um jarro na cabeça…
- Deste-me com um jarro?
- Desculpa!- Sungmin pediu, aflito. O moreno olhou à volta. As memorias voltavam aos poucos tal como dores mínimas. Mas a dor das memorias apagava qualquer dor física.
- Sai daqui…
- Kyuhyun…
- Sai!
O mais velho engoliu em seco e agarrou o casaco com força afastando-se da cama. Queria dizer mil e uma coisas mas não valia a pena. E mesmo que valesse… Ele não conseguia falar. Tinha a sensação que se abrisse a boca as lágrimas iam jorrar de uma vez e depois ia ser impossível para-las. Baixando o olhar, saiu dali para fora.
Kyuhyun olhou o infinito sem expressão mas rapidamente o seu lábio inferior foi mordido com força quando o rapaz sentiu as lágrimas queimarem os seus olhos.
Porque é que ele criara isto tudo? De que valera?
Só afastara Sungmin e perdera o amor que ele sentia por si e vice versa.
Irritado, bateu com a nuca contra a almofada deixando que o choro acalmasse e limpasse a sua alma.

*

Três meses depois.

Sungmin fechou a janela de pesquisa no seu portátil com um sorriso. Já não haviam noticias nem alarido em relação à entrada de Kyuhyun no hospital. Tinha sido difícil convencer a imprensa que fora só um acidente de trabalho e estava tudo bem. As fãs andavam histéricas perto do hospital e só pioravam tudo apesar das intenções delas serem boas. O rapaz suspirou. Felizmente que isso acabara após 2 semanas. No entanto corriam boatos na internet e Kyuhyun era sempre o centro das atenções, o que não agradava ao maknae e dificultava o tratamento. Mas felizmente as pessoas esqueciam rápido e estava tudo a voltar ao normal.
Sungmin fechou o portátil ao mesmo tempo que a porta do seu quarto abria. O rapaz viu, para seu espanto, Kyuhyun entrar dentro do quarto. Os dois falavam mas muito pouco. Estavam distantes um do outro e das restantes pessoas. Era como se tivessem entrado em controlo automático e andassem apenas concentrados no trabalho.
- Posso? – o maknae indagou relutante. Sungmin sorriu poisando o portátil na cama e levantou-se acenando afirmativamente com a cabeça.
Kyuhyun fechou a porta e mordeu o lábio sem saber o que dizer.
- Chegaste do psicólogo? – Sungmin inquiriu.
- Sim. Ainda fui fazer umas compras depois da consulta.
- Fizeste bem. Precisas de alguma coisa? – o hyung fitou-o, curioso. Kyuhyun olhou-o irrequieto e pediu para se sentarem ao que o mais velho obcedeu.
Sentaram-se os dois na cama e Kyuhyun pode finalmente soltar o que tinha entalado.
- Eu… Eu queria agradecer por me teres dado com o jarro na cabeça. – o rapaz soltou, contendo o riso. Sungmin olhou-o chocado.
- Não brinques com isso!
- Não, a sério, Min! Acho que isso me ajudou a acordar para a realidade… Ver-me outra vez naquele hospital… Fragil… Marcou-me e fez-me pensar em tudo o que se passou entre as duas vezes numa cama de hospital. – o rapaz pausou por momentos e olhou o chão. - Vocês sempre fizeram tudo por mim e foram os melhores amigos que podem existir… E tu e o Hee sempre quiseram saber de mim ao máximo… No entanto eu não quis saber de vocês. Esqueci o que significavas para mim… Sabia que o Hee te amava mas não quis saber e magoei-o para andar eu a divertir-me… Andava perdido e só queria arranjar um escape… Esse escape foste tu e eu tornei tudo num pesadelo. Comecei a ficar obcecado e a perder controlo de mim… - Kyuhyun fitou o amigo comprimindo os lábios e Sungmin teve de fazer um esforço para não o abraçar ali e dizer que já tinha passado. Sentia uma alegria inexplicável ao ver que ele estava consciente de tudo. As suas frases já não eram mortas… Eram sentidas. – Fiquei com tanto medo, Sungmin. Fiquei apavorado por já não me conhecer. Nada à minha volta fazia sentido e eu só conseguia sentir raiva de toda a gente e só queria castiga-los por parecerem não me perceber… Não via que eu é que não estava a perceber nada e estava num mundo paralelo e errado…
- Kyuhyun…
- A sério Sungmin. Obrigado por tudo e desculpa por tudo. Nunca te quis fazer sofrer e vou odiar-me para sempre por tudo o que te fiz…
Sungmin agarrou a sua mão, olhando-a antes de fitar o amigo.
- É passado. Eu perdoo tudo. Só quero que fiques bem e que voltes a ser quem eras. Quero o meu Kyu de novo…
- Isso quer dizer que podemos voltar a ser Kyumin? – o rapaz sorriu. Sungmin riu-se e abraçou-o. Kyumin para eles não significava nada do que as fãs achavam mas sim a amizade deles tão próxima e única. Isso perdera-se parecia que já à uma eternidade… Sungmin queria ter essa realidade de volta.
- É tudo o que eu mais quero.
- E ajudas-me a encontrar a minha alma gémea? – Kyuhyun torceu o nariz com um sorriso matreiro fazendo o mais velho rir.
- Claro! – Sungmin deu-lhe um empurrão no ombro de companheirismo. – É para isso que os amigos servem.
Kyuhyun levantou-se seguido por Sungmin e abraçou-o de novo tentando apagar as más memórias naquele abraço. Queria voltar a dar o seu carinho e fazer todo o rasto de agressividade desaparecer.
- Falando em alma gémea… - Kyuhyun afastou-se para fitar o amigo. – Desculpa ter atrapalhado tanto a tua vida. Mas não quero que isso aconteça mais por isso é bom que saias desta casa e vás ter com a tua pessoa! – Kyuhyun tentou fazer ar de irmão mais velho. Sungmin sorriu confuso.
- O quê?

continua...

e pronto. kyuhyun is fine now ^^ ( a menos que aconteça alguma coisa no ultimo muahaha)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
LaLa
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Dom Out 10, 2010 8:35 pm

Ahhh afinal ele não morreu xD
Tadinho do Min , mas ainda bem que existe um Heechul Razz
E quem se lixou no meio disto tudo foi a jarra *apanha*

Opa o Kyu foi mauzinho com o Minnie no hospital
O Min só estava farto da cara do Kyu e arranjou um pretexto para que o ele fizesse uma operação plástica xD
Opa mas eles reconciliaram as coisas e foi tão fofinho
O Kyu está a tentar juntar o Hee com o Min Cool uhuhuhuh

Continua sim Kim-chan ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Dom Out 10, 2010 9:49 pm

OMO~~ KYUHYUN!!!!
SUNGMIN!!!
Aish! Eu fiquei tão preocupada com o Kyu sem acordar... e o desespero do Min, coitado...
Fogo, fartei-me de sofrer com essa cena *medo*
Ai mas ainda bem que o Kyu não morreu... que alívio *-*
Adorei as palavras do Kyuhyun quando foi falar com o Sungmin... será que é desta que ele se recupera e pára de fazer porcaria? I hope so...
KyuMin *-* Mesmo que não seja no sentido que eu gostava plenamente, é bom vê-los de novo juntos como amigos... óptimos amigos *-*
KyuMin is love anyway ~~
E o Min agora fica com o Hee nee?
E o Kyu? Quem será a pessoa dele?

Continua kim *-*
Aish! O próximo já é o último *chora*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
MiyaHaru
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 511
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 27
Localização : Porto. Portugal

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Seg Out 11, 2010 9:02 pm

Oh Kim está prefeito! Quando comecei a ler o último capitulo meu coração parou!!
Fiquei em transe pensando que o Kyu tinha morrido!!!
Mas ainda bem que acabou tudo bem!!

Kyumin!!!! Adorei mesmo Kim!!
O que fará Sungmin a seguir?!?!

Oh o proximo já é o último?! Sad Sad
Oh eu estou adorar mesmo a história !!!
Continua please ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Ter Out 12, 2010 3:51 pm

Ai pessoal, obrigada pelos comentarios perfeitos ^^ ainda bem que estao a gostar que eu tambem adorei escrever a fic *-*
Bom. não vos vou fazer esperar mais. Aqui vai o ultimo T_T

MLO - Parte 15

- Falando em alma gémea… - Kyuhyun afastou-se para fitar o amigo. – Desculpa ter atrapalhado tanto a tua vida. Mas não quero que isso aconteça mais por isso é bom que saias desta casa e vás ter com a tua pessoa! – Kyuhyun tentou fazer ar de irmão mais velho. Sungmin sorriu confuso.
- O quê?
- O quê?! Estás a brincar certo? Vai ter com ele e diz-lhe o que sentes! Vocês parecem dois putos envergonhados.
Sungmin mordeu o lábio, pensativo. Desde aquela noite horrível que Sungmin e Heechul se tinham afastado. Como que se a proximidade deles fosse sinal de sarilhos. Mais valia cada um manter-se no seu canto enquanto as coisas estavam confusas e enquanto Kyuhyun não estava bem… Mas as saudades e o mau estar no coração apertavam de dia para dia. Principalmente depois daquela tarde perfeita entre os dois. Agora, ao ouvir Kyuhyun dizer isto, Min sentia um desejo ardente de correr para o seu hyung e abraça-lo para sempre.
- Eu…
- Vai! – kyuhyun riu em intensivo e empurrou Sungmin para fora do quarto. – Vai, idiota!
O mais velho agarrou as chaves, confuso e sorriu abrindo a porta de casa.
- Obrigado.
Kyuhyun sorriu vendo o amigo fechar a porta de entrada, desaparecendo.
- Obrigado eu.

*

Heechul estava a passear por um dos muitos recentes parques de Seoul, junto ao rio. Tinha a cabeça distante por isso não ouviu o telemóvel tocar ao início. Só depois se apercebeu e atendeu a chamada meio aflito.
- Sim?
- Heechul hyung… Onde estás? Preciso de te ver. – Sungmin pediu do outro lado da linha. O loiro sorriu.
- Estou no parque junto a minha casa. Vem ter ao prédio.
- Até já. – Sungmin desligou a chamada deixando o mais velho ansioso. Sungmin parecia agitado e isso deixava-o preocupado. Será que tinha acontecido alguma coisa de mal? Mas ele não parecia mal… Será que ele queria resolver as coisas entre os dois? Esperava que sim…
Os seus pensamentos voaram por mil e uma hipóteses e quando deu por si estava em frente ao seu prédio com Sungmin a sorrir-lhe ainda de uma certa distância. Heechul parou junto à entrada do prédio vendo o mais novo no mesmo passeio ainda a dois prédios de distância de si. O sol deslizava lentamente pelo horizonte, criando uma atmosfera quente em tons de laranja que assentavam na perfeição em Sungmin. Tinha um desejo incontrolável de correr para o seu donsaeng e toma-lo nos seus braços. Dizer-lhe que ia correr tudo bem como sempre fazia e protege-lo para sempre. Mas não foi preciso isso pois Sungmin já estava a alguns passos de distancia. Podia encurta-los mas não se conseguia mover. No entanto, Min arrancou numa corrida repentina e colou-se ao corpo de Heecul com força. O mais velho ficou sem reacção enquanto Sungmin o abraçava pelo pescoço com força mas rapidamente também o abraçou pela cintura, desejando ficar assim para sempre.
- Tive saudades tuas… - sussurrou contra o ombro do mais baixo. Sungmin sorriu.
-Desculpa ter demorado tanto tempo a perceber que era de ti que precisava.
- Não peças desculpa de nada. Vamos aproveitar o tempo que temos. – disse olhando o donsaeng com um brilho no olhar. Sungmin riu-se.
- Awww oki! – soltou imitando a reacção querida e característica de Heechul mostrando-lhe um “V sign” eléctrico que também era seu característico. Heechul riu-se revirando os olhos e colou os seus lábios aos do mais novo com doçura e carinho. Sungmin puxou o hyung para si pelo pescoço dando intensidade ao beijo. Não queria perder isto. Nunca mais.
Heechul cortou o beijo e puxou-o pela mão para dentro do prédio enquanto Sungmin insistia em beija-lo a cada oportunidade. Um bocado às cegas, Heechul foi capaz de abrir a porta do elevador e entrou para dentro deste empurrando Sungmin contra a parede de metal. Sungmin puxou-o para si e os dois beijaram-se de novo enquanto Heechul carregava no botão de stop. O desejo a pulsar nos seus corpos.

Lá fora o sol descia cada vez mais, deixando uma réstia de calor e provocando um ambiente romântico para todos os habitantes da cidade. Kyuhyun caminhou pelas ruas com os seus óculos de sol, um sorriso e phones nos ouvidos. Sentia-se bem consigo próprio e isso era algo que o completava. Estava tão perdido nos seus pensamentos que não deu por alguém que foi contra si, sem querer. Kyuhyun agarrou a rapariga atrapalhado, equilibrando-a.
- Desculpe, desculpe! – a jovem pediu aflita afastando-se e curvando-se numa vénia respeitosa. Kyuhyun conhecia aquela voz. Tirou os óculos confuso e os dois olharam-se, rasgando a tranquilidade com uma risada alegre.
- Seohyun! O que andas a fazer, miúda?
- Corrida… E tu?
- Nada, estava só a passear… - o rapaz apreciou o corpo esbelto da rapariga que estava tapado por uma tshirt semi-larga e uns mini-calções. Estas coreanas famosas tinham uma lata… Bendita lata. – Tu… Não queres ir comer um gelado? – Kyuhyun sorriu espelhando o sorriso da rapariga.
- Claro! – Seohyun respondeu alegremente e abraçou o braço do amigo indo os dois em direcção a uma casa de gelados que conheciam. Ou… Em direcção a algo mais.

*

Eunhyuk já podia fazer os seus movimentos ágeis e trabalhados fluir com facilidade. O tendão estava totalmente curado e isso deixava-o eufórico. Poder dançar de novo e esquecer a sua mente massacrante e todos aqueles pensamentos e sentimentos errados que insistiam em massacrá-lo? Não podia encontrar melhor sensação. Era um alívio.
Estava tudo a correr bem. A banda estava óptima. Kyuhyun estava bem e Sungmin ainda melhor. O seu pé voltara ao normal. Ia começar a gravar um drama na KBS…
O problema é que ele continuava abatido. E era impossível esconder mais que a sua depressão se devia apenas a um factor.
A culpa era toda da sua cabeça irritante e imaginativa!
«Pára de pensar nele!»
Abanou o pé alegremente, tentando concentrar-se apenas nele.
Donghae entrou com um ar nervoso dentro da sala de instrumentos onde estava apenas o melhor amigo.
Eunhyuk desviou o olhar para a pessoa que tinha entrado e sentiu o seu coração disparar mais uma vez, tal como acontecia todas as vezes que o rapaz lhe aparecia à frente sem ele estar à espera.
- Donghae? – o loiro indagou confuso e preocupado com o ar alterado do amigo.
O moreno não respondeu e saltou da porta indo rapidamente em direcção a Eun.
O loiro não teve tempo de respirar, reagir ou até resmungar quando Donghae o agarrou e colou os seus lábios aos dele sem aviso prévio.
Eunhyuk sentiu um euforismo desconhecido percorrer a sua coluna, fazendo-o perder o raciocínio.
Oh minha nossa santa senhora das campainhas! Ele estava a beijá-lo! Ele estava! E era real!
OBRIGADO SENHOR.
Obrigado.
Donghae afastou-se minimamente sem abrir os olhos.
- Desculpa… Mas eu… Eu não consigo lutar mais contra este sentimento. Eu estou apaixonado por ti! – resmungou em pranto. Eun não conseguiu conter o riso. O mais novo abriu os olhos, fitando-o irritado. – Estás a rir-te de mim?
O loiro sorriu e beijou-o docemente, deixando o outro sem reacção.
- Não sabes o quanto esperei por isto…


FIM.


espero que tenham gostado do final. acho que depois de tanto dramatismo merecia um final feliz ^^ E, Mintae, já que nao tem dei o casal que querias e como comecei a gostar de Kyu/Seo atraves de ti... (sim, é verdade xD) decidi dar um par ao kyu que te agradasse Razz
E claro, achavam mesmo que me esquecia de Eunhae? Cool a cena foi escrita numa aula de pt mas acho que ficou gira xDD
Enfim. Digam o que acharam *-*
e nao fiquem a pensar que se livram de mim que vou começar a postar a minha fic Jongkey Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
MiyaHaru
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 511
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 27
Localização : Porto. Portugal

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Ter Out 12, 2010 5:34 pm

AMEI!!
Ficou mais que bem ficou prefeita!!! Amei!
Kyu/Seo! Adorei!!! É um dos meu casais preferidos XD
E gostei muito da cena do Heechul e do Sungmin está tão cute *-*
Tive maluquice total quando li EUNHAE!!!nem te passa!! Só tu Kim para me pores a suspirar e aos saltos no meu quarto XD
Anyway amei a história!! Por favor continua escrever e sim estou aflita por ler a nova fic!! *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LaLa
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Ter Out 12, 2010 7:31 pm

Aos saltos Miya-chan Cool

Passando à frente
Kim amei ficou mesmo boa
Nehhh o Min ficou com o Hee , uhuhuhu o elevador Cool
Olha que bom para o Eunhyuk . Já pode cair outra vez para brincar aos médicos com o Donghae
Nehhh o Kyu e a Seo hihiihhi

Nehhh Kim tens de escrever mais sim ?^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Ter Out 12, 2010 9:09 pm

Ai kim! OMONA~~! *-*
Adorei este final ^^ So cute *-*
O Kyu foi querido em "empurrar" o Min para ir ter com o Heechul *-* Finalmente ele faz algo bom XD
Nhai, agora o Sungmin vai conseguir ser feliz, finalmente ^^ Ele merece... o Hee é fofo e gosta mesmo dele ~
Awww *-* Eu adorei que tenhas acabado em SeoKyu *loves* Que amoroso, foram comer um gelado *-*
E já que não houve KyuMin, o Kyu ficar com a Seo foi o melhor final possível *-*
Ahhh e finalmente o Hae e o Eun resolveram as coisas *-* Eu ri com aquele "obrigado senhor" XD
Aqueles dois não existem Razz EunHae é sempre aquela coisa ^^

Nee, kim, eu adorei *-*
Adorei a fic toda... ficou mesmo perfeita ^^

Espero mesmo bem que continues a escrever, a postar... e rapidinho, se faz favor *apanha*
Ai JongKey... me likes
Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
PonHyunMin
Administradora
avatar

Mensagens : 954
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 24
Localização : Paradise ^-^

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Dom Out 17, 2010 4:35 pm

OMO eu sou uma desgraça!! Só agora é que consegui ler tudo!
Eu amei *-*
Teve um final tão perfeito *-* *loves happy endings*
O Min e o Hee *-* Finalmente ficaram juntos e felizes *-* Eles mereciam, depois de tudo ^^
Nhai, maknae love *-* Adorei a parte SeoKyu *-*
E EunHae, OMO!! *delira* Que cena mais fofa, nhai *-* I love EunHae *-*

Gostei tanto da fic Kim-chan *-*
Tu tens ideias tão awesomes *-*
Agora vem JongKey and Devotion +.+
*goes crazy*

_________________

Out of all these people, I chose you.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fanfic-wonderland.ativoforum.com
Nayomira
Pro Writer
avatar

Mensagens : 357
Data de inscrição : 06/09/2010
Idade : 28
Localização : Somewhere around..

MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   Ter Out 19, 2010 10:36 pm

*suspiro* ALEEEEELUIIIIIIA!!!! *pula e dança* depois de montes de tempo, acabei de ler esta fic! LOL

adoooooooorei! é simplesmente a palavra qe eu uso...porqe isto está extremamente brutalmente fixe! amei amei amei! entao e eunhae ali no fim, huh, huh, huh??? OH YEAH!!!!! >//<

anyyyyway, ainda bem qe acabou tudo bem...tava a ver a coisa ali a descambar e bem! XD

amei!! mesmo! ja disse e voltu a dizer! adoro as tuas fics! nyaaaa =D parabens! =))))
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dbskportugal.forumeiros.com/portal.htm
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [SUJU] MY LITTLE OBCESSION   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[SUJU] MY LITTLE OBCESSION
Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3
 Tópicos similares
-
» Com quem te identificas mais nos suju
» ELFs estão abandonando o SUJU?
» [SUJU | KARA] Hara chora de raiva com as provocações de Kyuhyun no programa "Radio Star"
» [SUJU] Kim Heechul volta ao mundo das variedades.
» Regis Tadeu comenta a agenda de shows de novembro

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FanFictions Wonderland :: FanFictions :: Kpop :: FanFictions Acabadas-
Ir para: